Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Na corrida para o lançamento do CBDC, Japão está 6 anos atrás da China

Na corrida para o lançamento do CBDC, Japão está 6 anos atrás da China

Na corrida para o lançamento do CBDC Japão está 6 anos atrás da China

O Japão pode estar 6 anos atrás da China no progresso de sua moeda digital emitida pelo Banco Central, chamada de CBDC, de acordo com especialista japonês. 

O Banco Central chinês já lançou uma unidade de pesquisa sobre CBDC em 2014, enquanto vários artigos apontam as semelhanças entre o Yuan Digital e as plataformas de e-pay WeChat Pay e Alipay. 

O Banco Central do Povo da China (PBoC), falou sobre a substituição do dinheiro pela moeda digital em janeiro de 2016, e foi nesse ponto que o projeto do Yuan Digital foi lançado.

Em meados de 2018, as emissoras de TV estatal chinesas exibiram uma série de programas denunciando criptomoedas, mas defendendo a tecnologia blockchain, exaltando as “virtudes da blockchain sem moedas”, conforme reportou o Cryptonews.

A China tem sido relativamente transparente sobre os objetivos na emissão de seu CBDC, bem como de tentar liderar o mundo na indústria de blockchain. 

O Japão também pode estar atrás em termos de tecnologia quando se trata de blockchain, segundo o ex-diretor do Pan Pacific, Yusuke Takano. 

A China agora está tentando “liderar o mundo no setor de tecnologia blockchain, por meio de um esforço nacional combinado”, afirma Yusuke. 

O especialista diz que embora o Japão estivesse claramente fazendo tentativas relacionados a blockchain, não são suficientes quando comparado a China. 

Yusuke observou que por mais que dois eventos tenham sido organizados pelo principal regulador financeiro, a Agência de Serviços Financeiros no Japão, quatro dos grandes eventos voltados para blockchain foram realizados na China no mesmo mês.

Além disso, mais quatro grandes conferências de blockchain estão programadas para acontecer na China antes do final deste ano. 

Enquanto isso, Tóquio pode ter que esperar até 2021 para o seu próximo grande evento sobre a tecnologia blockchain. 

Segundo Yusuke, os projetos de blockchain  práticos e reais em áreas como “saúde e financiamento comercial já estão em andamento” na China. 

Em contraste, o Japão tem ido e voltado com sua própria política CBDC, com projetos de emissão de ienes digitais apenas começando a valer neste ano. 

“O Japão começou [seu projeto CBDC] seis anos atrás da China. Apenas os especialistas estão realmente prestando atenção às relativamente poucas conferências blockchain [que são realizadas no Japão]. O Japão está realmente bem com isso?”, finaliza Yusuke.

Leia também: Caixa renegocia dívidas e dá descontos de até 90% para os clientes em nova campanha

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias