Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Whindersson Nunes tem nome vinculado a golpe com Bitcoin, entenda o caso

Whindersson Nunes tem nome vinculado a golpe com Bitcoin, entenda o caso

whindersson-nunes-bitcoin-criptomoedas-golpe-revolution
Imagem: Reprodução.

Enquanto a vida do youtuber e humorista Whindersson Nunes é bisbilhotada constantemente após seu divórcio com Luísa Sonza, em meio a rumores de uma suposta traição envolvendo o cantor Vitão, seu nome agora está sendo usado por um golpe com Bitcoin (BTC). 

Com mais de 40 milhões de inscritos no Youtube, Whindersson é conhecido desde 2013, e se tornou o youtuber brasileiro com mais inscritos, perdendo no Brasil apenas para o canal de música Kondzilla, com 60 milhões. 

Contudo, um esquema com promessas de ganhos fáceis com a principal criptomoeda do mercado tem usado o nome do piauiense de 25 anos para passar confiança e atrair vítimas. 

Trata-se do Bitcoin Revolution, uma fraude que costuma usar o nome e imagem de diversas celebridades do Brasil e do mundo para tentar enganar as pessoas na internet. 

O famoso golpe solicita a realização de depósitos em sites duvidosos ao prometer rendimentos com um suposto robô de criptomoedas. 

A Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) já chegou a alertar sobre o golpe em junho deste ano, afirmando que o público deve: “evitar ou parar de investir em esquemas oferecidos pela Bitcoin Revolution ou qualquer outra entidade envolvida na negociação de ativos digitais e prometendo taxas de retorno ridículas com pouco ou nenhum risco”. 

O site do esquema possui vários idiomas e nenhum registro com reguladores nos EUA ou no Brasil.

O negócio já utilizou o nome de diversos famosos no país, como Carla Perez, Chico Buarque e Tiago Leifert, e agora afirma que Whindersson estaria investindo com a empresa, conforme apontou o Livecoins. 

Como já foi alertado diversas vezes aqui no Criptonizando, é preciso pesquisar muito bem antes de colocar seu dinheiro (ou seus bitcoins) em um negócio. 

Golpistas se aproveitam da ingenuidade e falta de conhecimento da população sobre o mercado de BTC e outras criptomoedas para passar informações falsas e prometer ganhos irreais, lesando as vítimas e criando uma reputação ruim para o setor.

Leia também: CTO da Ripple (XRP) revela quais criptomoedas tem na carteira e seu pior investimento

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias