Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Bitcoin é conectado ao PIX através de empresas de criptomoedas

Bitcoin é conectado ao PIX através de empresas de criptomoedas

bitcoin-criptomoedas-pix-banco-central-brasil-economia-atar-

Na quinta-feira (22), foi divulgada a lista de instituições aprovadas para o Pix diretamente pelo Banco Central, dentre elas estão duas empresas direcionadas ao Bitcoin (BTC) e outras criptomoedas.

De 762 instituições selecionadas para participar do novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central estão Atar e o Z.Ro Bank.

Dentre as empresas escolhidas estão bancos, fintechs, instituições de pagamentos, entre outros, que preencheram os requisitos necessários e são aptas para operar com segurança o Pix, segundo a entidade monetária.

“A quantidade e a diversidade das instituições que estão aptas a ofertar o Pix reforçam o caráter aberto e universal do arranjo de pagamento, evidenciam a grande competitividade que o Pix traz ao mercado e demonstram o forte engajamento dos diversos agentes para a adoção do Pix.” declarou o BC.

No início do ano, durante o lançamento do PIX, Carlos Eduardo de Andrade Brandt Silva, chefe adjunto de unidade do BC já havia ressaltado que não haveria “nenhuma restrição para as entidades não regulamentadas pelo Banco Central do Brasil, inclusive exchanges de Bitcoin e criptomoedas”.

Na ocasião, ele declarou que o objetivo da iniciativa é “criar melhores condições de competição entre os serviços financeiros”, mas ressaltou que “todas as instituições que são reguladas pelo Bacen devem seguir as regras que já estão estabelecidas”.

Cerca de 221 instituições não foram aprovadas ou desistiram da adesão,  e muitas delas atuam no Brasil com criptoativos.

Thiago Lucena, CEO da Uzzo Pay, uma das empresas que mais fornece transações com Bitcoins, declarou ao Cointelegraph que o serviço será fornecido através de parceira:

“A UZZO Pay disponibilizará o Pix aos seus clientes ainda em 2020 através de parceria com uma empresa integrada e homologada ao BC”, afirmou.

Lucena ressaltou que a empresa já possui, desde 2019, “uma solução similar ao PIX que chamamos de transferência instantânea que permite a transferência bancária de valores 24hs por dia, todos os dias da semana”.

As inscrições de adesão ao PIX foram encerradas no dia 16 de outubro e serão reabertas permanentemente no dia 1 de dezembro, A previsão é que o sistema comece a operar a partir do dia 15 de novembro.

Leia também: “Bitcoin não muda nada no sistema financeiro”, diz ex-presidente do Banco Central

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias