Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Segundo maior banco do mundo adota blockchain e aceitará Bitcoin em títulos de dívida

Segundo maior banco do mundo adota blockchain e aceitará Bitcoin em títulos de dívida

china-construction-bank-bitcoin-blockchain-banco-títulos-dívida

As vantagens e facilidades da tecnologia blockchain têm atraído cada vez mais gigantes institucionais, assim como o Bitcoin (BTC). Agora foi a vez do segundo maior banco do mundo, China Construction Bank (CCB), aderir à tendência.

A partir desta sexta-feira (13), o CBB passará a utilizar a blockchain para vender títulos de dívida.

Em adição, os investidores poderão pagar pelos títulos usando a principal criptomoeda do mercado, BTC.

A bolsa de ativos digitais Fusang, sediada em Hong Kong, foi contratada pela instituição para viabilizar a inovação.

O objetivo, segundo o South China Morning Post, é tornar a compra mais acessível aos investidores através de aquisições em quantidades menores.

Atualmente, o banco disponibiliza títulos negociados a cerca de US$ 4 mil (R$ 21.700), o que acaba direcionado a compradores profissionais e institucionais.

O banco espera que, com a adoção da tecnologia blockchain, investidores de varejo possam comprar títulos a partir de US$ 100.

Com a novidade, além de poder adquirir títulos de dívida por um valor mais baixo, investidores também poderão pagar com bitcoin, além do dólar.

A média de rendimento dos títulos vendidos por meio da Fusang será de cerca de 0,75% no vencimento, em contraste com os 0,25% ao ano nos bancos.

O CBB planeja ofertar US$ 3 bilhões em papéis pelos próximos três meses.

Se a iniciativa for um sucesso entre os investidores, a Fusang espera trabalhar com o banco estatal da China na emissão em outras moedas, incluindo o yuan, afirma Henry Chong, presidente-executivo da Fusang.

Leia também: Maior streamer do Brasil revela experiência decepcionante com Bitcoin

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias