Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Blockchain: França está se tornando o centro de desenvolvimento da tecnologia na Europa

frança tecnologia blockchain

Os membros do parlamento francês Jean-Michel Mis e Laure de La Raudière divulgaram, em fevereiro, um relatório recomendando investimentos de mais de € 500 milhões em blockchain na França. Com 20 propostas diferentes que ajudarão a promover a adoção em massa da tecnologia do país, o documento serviu como uma forte mensagem do governo francês de que o país pretende se tornar a próxima nação líder em blockchain, segundo artigo do Nasdaq na última sexta-feira (12). 

A atitude inovadora do governo, que tem se esforçado para educar o público geral a respeito de processos descentralizados, foi bem-vinda pelos projetos relacionados ao blockchain, que passaram a investir no país.  

Para que o público geral veja o blockchain como ferramenta acessível, é preciso que haja novos pesquisadores, desenvolvedores, consultores institucionais e entusiastas sociais. 

Recentemente, a Financia Business School da França, anunciou que oferecerá cursos de pós-graduação em blockchain e outras tecnologias emergentes, servindo de exemplo para outras universidades, além de permitir pagamentos das mensalidades anuais em bitcoins. 

Outro ponto importante é que, diferentemente de muitos países, que ainda se opõe à tecnologia blockchain, a França se posiciona de maneira progressista em relação ao assunto, liderando os investimentos de adoção de blockchain na Europa, além de estar prestes a se tornar um dos principais epicentros de tecnologias emergentes em todo o mundo. 

Ao falar sobre a revitalização do gerenciamento da cadeia de suprimentos na indústria agrícola, o presidente francês Emmanuel Macron defendeu o uso da tecnologia blockchain e convocou nações como os Estados Unidos, China e Rússia para seguir o exemplo da França. 

“Vamos fazer isso na Europa, a vanguarda da tecnologia agrícola, desenvolvendo ferramentas que irão rastrear todos os produtos, desde a produção de matéria-prima até a embalagem e processamento”, disse em comunicado. 

Ao liderar o caminho para o desenvolvimento do blockchain, a França faz história contribuindo para que a tecnologia chegue a novos patamares. 

Leia também: 50% das empresas podem implantar blockchain em 3 anos, diz executivo da Oracle

 

Receba as notícias mais importantes no seu email

Últimas Notícias