Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Bitfinex encobriu US$ 850 milhões em perdas com fundos da Tether, diz procuradoria de Nova York

Bitfinex encobriu US$ 850 milhões em perdas com fundos da Tether, diz procuradoria de Nova York

bitfinex tether investigação

exchange Bitfinex e outras empresas, como a Tether, estão sendo investigadas pela procuradoria-geral de Nova York por violação da lei, publicou o G1 nesta sexta-feira (26). 

“Nossa investigação concluiu que os operadores da exchange ‘Bitfinex‘, que também controlam stablecoin ‘Tether‘, aparentemente encobriram a perda aparente de US$ 850 milhões de fundos de clientes e corporações parceiras“, disse a procuradora geral Letitia James. 

A investigação que teve início em 2018, encontrou indícios de atividades irregulares ou de falhas na comunicação com investidores após o desaparecimento de US$ 850 milhões (cerca de R$ 3,3 bilhões) de recursos da empresa. 

Além disso, clientes “sumiram” de uma prestadora de serviços de pagamentos da Bitfinex. 

Segundo a procuradoria, em novembro de 2018 a Bitfinex recebeu US$ 625 milhões da Tether para “resolver questões de liquidez não relacionadas à Tether”. 

Depois disso, uma “linha de crédito” avaliada em US$ 700 milhões foi aberta permanentemente entre a Bitfinex e a Tether. 

De acordo com a procuradoria, a entrega da documentação sobre transações estaria sendo entregue atrasada, o que impede as autoridades de pedir o bloqueio da movimentação ou de solicitar mais detalhes previamente. 

Em seu site, a Bitfinex negou as alegações da procuradoria e afirmou que as autoridades deveriam estar ajudando a recuperar o dinheiro, que não está “perdido” e sim “salvaguardado” após uma apreensão. 

“Bitfinex e Tether têm cooperado totalmente com o escritório do Procurador Geral de Nova York, já que ambas as empresassão reguladas”, escreveu a exchange.

“O escritório do Procurador Geral de Nova York deve concentrar seus esforços na tentativa de ajudar e apoiar nossos esforços de recuperação”, concluiu.

Leia também: Sistema da câmara de vereadores do Acre é invadido por Hackers, que pedem regaste em bitcoins

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Receba as notícias mais importantes no seu email

Últimas Notícias