Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Autor de Best-seller financeiro diz que Bitcoin é a maior fraude da história da humanidade e cita os motivos

Autor de Best-seller financeiro diz que Bitcoin é a maior fraude da história da humanidade e cita os motivos

bitcoin criptomoedas blockchain

O autor do livro Best-seller “Currency Wars”, James Rickards, chamou o Bitcoin de a maior fraude da história da humanidade.

James criticou criptomoedas como Bitcoin, Ripple, Ethereum, entre outros, alegando que elas têm limitações inerentes.

Ele disse que algumas semanas atrás, quando o Bitcoin subiu acima de US$ 8.000, as pessoas estavam pensando que o preço não ia parar de subir, até que chegou um grande investidor e vendeu grande parte de seus BTC, fazendo com que o preço caísse.

O Bitcoin é controlado por poucos

De acordo com Rickards, menos de 450 pessoas compartilham 20% do mercado inteiro de bitcoins. Ele ressaltou que, se essas pessoas decidissem vender suas moedas, o preço do Bitcoin cairia imediatamente, como foi notado alguns dias atrás.

“O Bitcoin pode entrar facilmente em colapso como 2017-2018, e cair como um castelo de cartas”, disse ele.
Ele disse que o Bitcoin como um ativo, não pode oferecer ao mundo nada mais do que especulação e o amplo uso que recebe de terroristas, golpistas, jogadores e sonegadores de impostos. James afirmou que o BTC é insustentável considerando seu nível de consumo de energia.

O Bitcoin é lento

Ele acrescentou que a transação lenta do Bitcoin não é escalável e não pode ser o futuro do dinheiro. Sua outra razão é que o atual fornecimento de Bitcoins não pode ser excedido.

Estas, entre outras coisas, tornam o Bitcoin inerentemente deflacionário e não adequado para a criação de crédito – uma verdadeira propriedade de qualquer sistema monetário, afirmou.

O Bitcoin é inseguro e frequentemente hackeado

James também enfatizou o fato de que o Bitcoin é comumente vítima de roubos, fraudes e invasões no sistema.

Ele disse que mesmo que o Bitcoin suba, há uma grande possibilidade de que ele fracasse novamente.

Bitcoin não tem nada a oferecer, mas a moeda da JPMorgan é o futuro

James opinou que, embora o Bitcoin não tenha futuro, outras criptomoedas ainda poderão ter muito sucesso.

Ele disse que o surgimento dos tokens de pagamento do JPMorgan terão muitas vantagens para o mercado.

O autor do best-seller concluiu que a IBM, a Intel, o JPMorgan Chase, o Citi, a Nvidia, entre outros, se beneficiarão dessas criptomoedas emergentes.

Leia também: Funcionário do governo Australiano é pego minerando criptomoedas com equipamento público

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Receba as notícias mais importantes no seu email

Últimas Notícias