Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Shell e Sinochem discutem para criação de plataforma Blockchain para mapear o Petróleo

Shell e Sinochem discutem para criação de plataforma Blockchain para mapear o Petróleo

Por J.S

blockchain facebook mídia social telegram steemit

De acordo com fontes da indústria de petróleo, a subsidiaria de tecnologia do Sinochem Group está conversando com a Royal Dutch Shell e o Macquarie Group com o intuito de construir uma plataforma com a tecnologia Blockchain para o setor de energia.

De acordo com a reportagem da Reuters, a Shell e a Macquarie assinaram, em junho de 2019, um memorando para explorar a construção de uma plataforma Blockchain para petróleo bruto, um dos projetos incubados da incubadora Sinochem, o qual acreditam que tem um alto potencial de crescimento.

As empresas também concordaram em estudar a possibilidade de investir na própria empresa de Blockchain, como consta no memorando.

 

As empresas Shell e Macquarie se recusaram a comentar sobre a possível parceria. A assessoria de imprensa da Sinochem não respondeu a um pedido de comentário.

A plataforma digital, denominada Gateway da Sinochem Energy Technology foi avaliada em 100 milhões de yuans, moeda local da China (US$ 14,10 milhões), conforme disse a fonte.

Se as discussões se concretizarem, isso poderá reforçar as perspectivas da unidade de tecnologia Sinochem, que fracassou desde o seu lançamento há dois anos, com gastos pesados, mas pouca receita. Uma fonte falou para a Reuters que:

"O grupo Sinochem estabeleceu um prazo interno para a empresa de tecnologia atrair investidores estratégicos até o final de setembro ou o mais recente de outubro, porque a empresa está em profunda perda"

A Gateway usará a tecnologia Blockchain com o intuito de reduzir as ineficiências comerciais e de liquidação, melhorar a transparência e reduzir o risco de fraude.

A Sinochem Technology está emulando a Vakt, a primeira plataforma digital ativa do mundo para o comércio de energia. Isso foi criado por um consórcio incluindo as principais petrolíferas BP, Shell, Equinor da Noruega e as casas comerciais Mercuria Energy Group, Koch Supply and Trading e Gunvor.

Além disso, a Sinochem também está contratando a PetroChina Co e a COSCO Shipping Energy Transportation Co Ltd, uma unidade da COSCO Shipping, para investir na plataforma Blockchain, disseram as fontes.

Leia também: Bitcoin Banco anuncia nova política de saques e clientes não estão nada felizes

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas