Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Unick Forex e Urpay têm bens apreendidos em decisão da Justiça

Unick Forex e Urpay têm bens apreendidos em decisão da Justiça

unick forex investimento saques pagamento reclamações
Imagem: Divulgação.

A Justiça concedeu liminares a favor de dois investidores que moveram processos contra a Unick Forex por não receberem os saques da empresa. Como resultado, as contas da Unick ficarão bloqueadas até o limite do valor das ações.

Segundo publicação do Portal do Bitcoin, a primeira ação, julgada na segunda-feira (9) pela juíza Mariana Dalla Bernardina, da 4° Vara Cível do Foro Regional VIII de Tatuapé (SP), tem a Unick Forex e o presidente da empresa Leidimar Lopes como réus.

 

Na decisão liminar, a juíza ordenou o arresto judicial (bloqueio) dos créditos pertencentes à Unick que estejam sendo administrados pela empresa de pagamentos Urpay, até o limite do valor da ação.

“Defiro o arresto dos créditos de titularidade da requerida Unick Sociedade de Investimentos Ltda., CNPJ 19.047.764/0001-60, por ventura administrados pela terceira Urpay Tecnologia em Pagamentos Ltda (CNPJ: 26.463.227/0001-67), até o limite de R$ 3.700,00.”

No segundo processo, julgado por Jorge Alberto Quadros de Carvalho Silva, da 3° Vara Cível do Foro Regional I de Santana (SP), o investidor moveu a ação contra a Unick e contra outras duas empresas: a Urpay e a Pronei Promotora de Negócios Ltda.

Silva ordenou o arresto das contas das três empresas a fim de garantir que o dinheiro seja pago caso o autor ganhe a ação avaliada em R$ 6.415,28, e usou como argumento as suspeitas de que a Unick se trata de uma pirâmide financeira:

“Considerando a grande possibilidade de fraude e pirâmide financeira, a fim de resguardar a eficácia de eventual sentença condenatória, defiro a medida liminar, para determinar o arresto do valor indicado na petição inicial (fls. 12), nas contas mantidas pelas rés nas diversas instituições financeiras do país”.

Resposta da Urpay

Resposta da Urpay

Em resposta, o CEO da Urpay, José André Costa, disse ao Portal que todas as movimentações da empresa ficam registradas e que todas as prestações serão feitas a Justiça.

Segundo ele, os clientes da Unick citaram a Urpay nas ações por confundir a empresa facilitadora de pagamentos com aquela que de fato estaria prestando o serviço. 

Unick 

Unick 

Unick está entre as empresas com maior número de queixas e que atuam no Brasil de acordo com dados do ReclameAqui. 

Acusada de operar como uma pirâmide financeira, a empresa atualmente responde a uma acusação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) por atuação irregular.

Recentemente, o diretor de Marketing da empresa, Danter Silva, negou o passado da empresa, que prometia dobrar os investimentos de seus clientes:

“Nós nunca fomos, e provavelmente nunca seremos uma plataforma de investimento”, afirmou. “Isso nunca fez parte do nosso portfólio de atuação dentro do mercado brasileiro e internacional.”

Leia também: Responsável pela declaração obrigatória de movimentações com criptomoedas é demitido da Receita Federal

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas