Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Governo Trump estourou a bolha do bitcoin em 2017, diz ex-presidente do CFTC

Governo Trump estourou a bolha do bitcoin em 2017, diz ex-presidente do CFTC

bitcoin bolha donald trump 2017

Em 2017 aconteceu com o bitcoin a primeira grande bolha financeira desde a crise de 2008, e ela foi estourada pelo governo de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, de acordo com um ex-funcionário. 

Christopher Giancarlo, ex-presidente da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities dos Estados Unidos (CFTC, na sigla em inglês), disse que a administração Trump liberou o lançamento de futuros de bitcoin para estourar a bolha de 2017. 

Segundo ele, a decisão foi tomada “pelo CFTC, Departamento do Tesouro, SEC dos Estados Unidos e pelo diretor do Conselho Econômico Nacional na época, Gary Cohn”:

“[Eles] acreditavam que o lançamento de futuros de bitcoin teria o impacto de estourar a bolha do bitcoin. E funcionou”, disse Giancarlo em entrevista ao Coindesk, afirmando que essa é “uma das histórias não contadas dos últimos anos.”

Durante um discurso no Pantera Summit em São Francisco nesta segunda-feira (21), o ex-presidente do CFTC disse que o governo Trump decidiu agir em conjunto para tratar a situação “de maneira pró-mercado”, devido ao dramático aumento de preços do bitcoin em dezembro de 2017. 

Um dia antes do lançamento dos futuros de bitcoin listados pela Chicago Mercantile Exchange (CME) e pela CBOE Futures Exchange (CFE), o preço do bitcoin quase bateu US$ 20.000.

No entanto, as semanas seguintes foram de queda drástica para o criptoativo, que atingiu baixas no nível de US$ 3.000 no final de 2018.

"Vimos uma bolha se formando e pensamos que a melhor maneira de abordá-la era permitir que o mercado interagisse com ela", disse Giancarlo durante o evento.

Isso porque a crise financeira de 2008 deixou um gosto amargo na boca dos americanos. Giancarlo acrescentou que:

“Saindo da crise financeira de 2008, as críticas legítimas dos reguladores foram as seguintes: onde eles estavam durante a expansão da bolha das hipotecas imobiliárias e por que eles não tomaram medidas para estourar essa bolha quando poderiam?"

Segundo ele, a lição era clara: os reguladores não devem ser complacentes quando confrontados com uma bolha — mas devem agir de uma maneira que mantenha os mercados livres. Foi o que aconteceu com os futuros de bitcoin em 2017.

“A equipe da CFTC lidou estritamente com base em procedimentos, mas em termos de liderança eu falei com o Secretário do Tesouro [Steven] Mnuchin e o Diretor da NEC, Gary Cohn, e acreditávamos que, se os futuros de bitcoin avançassem, isso permitiria que o dinheiro institucional trouxesse disciplina ao valor do mercado fiat”, disse Giancarlo à CoinDesk. "E foi exatamente o que aconteceu."

Leia também: ‘R$ 600 milhões em bitcoin pagaram por matérias contra Bolsonaro’, diz deputada em meio à briga com filhos do presidente

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas