Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Criação da CPI das criptomoedas está aguardando aprovação do presidente da Câmara dos Deputados

Criação da CPI das criptomoedas está aguardando aprovação do presidente da Câmara dos Deputados

Por Mirian Romão

bitcoin-criptomoedas-brasil-cpi-binance

O processo de abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que teve a iniciativa do Deputado Federal Áureo Ribeiro, depende agora somente do retorno do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), segundo o jornal Valor Econômico divulgado hoje (29).

A CPI tem como objetivo investigar possíveis golpes aplicados por empresas que afirmam operar com Bitcoin e Criptomoedas, iniciado pelo Deputado Federal Áureo Ribeiro, que em seu canal oficial arrecadando cerca de 192 assinaturas para o projeto.  

Segundo a reportagem o presidente da Câmara relatou que irá analisar se há casos a serem investigados para aprovar a CPI.

A notícia divulgada pelo jornal relata que o processo se concentra primeiramente na Atlas Quantum, a plataforma que afirmar realizar operações com Bitcoins, mas que recentemente vem atrasando os saques de clientes. 

O Deputado Áureo declara que outras companhias que não estão no texto inicial, podem ser incluídas, como por exemplo o Grupo Bitcoin Banco.

“A gente achava que esses esquemas pegavam uma camada da sociedade, mas estamos falando de todas as camadas. As moedas e a forma de fazer negócio se popularizaram (...) A pessoa promete uma rentabilidade que é impossível de entregar: 2% ao dia, 30% ao mês. O cara vai pagando [os clientes] com o próprio dinheiro dele e, quando vê, estoura”. Declarou o deputado para o jornal Valor Econômico.

O Deputado é o autor do primeiro projeto de Lei para regulamentar as criptomoedas aqui no Brasil e está criando a CPI como uma forma de combater empresas responsáveis por pirâmides financeiras. 

 

Em relato ao jornal, o deputado afirma que abriu uma aba em seu site para arrecadar as assinaturas e relatos de pessoas que tiveram problemas com pirâmides financeiras e recebeu uma quantidade absurda de solicitações de consumidores lesados em todo o Brasil. 

Leia também: Antigos líderes da Unick divulgam uma nova empresa chamada MoGuro

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas