Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Investidor da unick diz que Leidimar e Danter estão ajudando a PF nas investigações

Investidor da unick diz que Leidimar e Danter estão ajudando a PF nas investigações

Por Mirian Romão

Lider-unick-video-surra-apanha-guarda-municipal-Diretor
Imagem: Divulgação.

Investidor da Unick afirma que Leidimar Lopes e Danter Silva, estão ajudando as investigações junto com a Polícia Federal. 

De acordo com o portal Livecoins, onde as informações foram divulgadas, mesmo com Ledimar, presidente da empresa e Danter, diretor de marketing da empresa presos pela Polícia Federal, alguns clientes acreditam na promessa da empresa de dobrar o capital em até 6 meses.

Em um dos grupos do telegram apoiando a empresa, os clientes afirmar que Leidimar e Danter “estão ajudando a Polícia Federal no caso”. O grupo tem 4.100 membros e cresce a cada dia.

De acordo com o portal o grupo recebe mensagens de apoio a empresa e aqueles que entram para criticar, são convidados a se retirar do grupo. 

A empresa possui mais de 13 mil reclamações no site Reclame aqui, de investidores que até hoje, não conseguiram ter seu dinheiro de volta. 

A Polícia Federal informou que a Unick tinha mais de 700 mil cadastros ativos em sua plataforma, o grupo do telegram, representa apesar 0,57% dos investidores. 

Entretanto, o grupo e as informações passadas de que Leidimar estaria ajudando nas investigações são um equívoco. Leidimar está preso na Penitenciária Estadual de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre. As informações foram confirmadas pela própria unidade. 

A Polícia Federal apreendeu recentemente mais de R$200 milhões em dinheiro e carros de luxo da Unick. 

Segundo as declarações da Polícia Federal os bens foram apreendidos na Operação Lamanai, que contou com cerca de 200 agentes federais. 

As investigações tiveram início em 2019, depois da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) processar a empresa.

A empresa vem tentando uma forma de devolver o dinheiro dos investidores, caso eles tenham o comprovante de pagamento. 

Leia também: Do luxo à lama: Conheça trajetória da Unick, que teve mais de R$ 200 milhões apreendidos pela PF

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas