Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Bolsa de Valores do Brasil quer atrair investidores de Bitcoin por meio de BDRs

Bolsa de Valores do Brasil quer atrair investidores de Bitcoin por meio de BDRs

bolsa de valores brasil bitcoin bdr investimento
Imagem: Rafael Von Zuben/B3/Divulgação

Juca Andrade, vice-presidente  de Produtos e Clientes da Bolsa de Valores do Brasil, B3, revelou em entrevista ao jornal Valor, que novos produtos serão lançados com foco no varejo para atrair investidores de Bitcoin.

Segundo ele, o investidor brasileiro atualmente está mais interessado em novas formas de rentabilidade.

“Existe um potencial para os investidores locais porque com o juro mais baixo a rentabilidade muda”, declarou.

Para Andrade, o CDI alto não motiva a população a investir. “São 6,5 milhões de investidores ampliando em algum instrumento que não é poupança”, afirmou.

Por isso, o foco da B3 será o lançamento de BDRs (Brazilian Depositary Receipts) – ativos de empresas no exterior, que podem ser adquiridos por investidores brasileiros –, permitindo que estes possam comprar ações da Apple, Facebook e até de empresas brasileiras como XP, Stone e PagSeguro (listadas em Nova York).

Contudo, Andrade aponta que hoje o BDR “é apenas para investidor qualificado com investimentos acima de R$ 1 milhão”. Por isso, a B3 está debatendo estratégias de inclusão de BDRs para o varejo junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

“O investidor brasileiro está em bitcoin mas não pode investir em BDR de Apple por exemplo”, apontou.

De acordo com o vice-presidente, investidores jovens teriam preferência por este tipo de investimento, assim como têm por bitcoin.

Conforme reportou o Criptonizando no mês passado, o Ibovespa (IBOV), principal índice da Bolsa de Valores do Brasil, já pode ser negociado com Bitcoin.

Leia também: 3 coisas importantes que a mídia convencional não fala sobre o Bitcoin

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias