Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Criptomoedas podem substituir o dinheiro físico até 2030, diz um dos maiores bancos do mundo

Criptomoedas podem substituir o dinheiro físico até 2030, diz um dos maiores bancos do mundo

criptomoedas bitcoin moedas fiduciárias fiat dinheiro banco alemão

Pouco a pouco, as autoridades governamentais e os grandes nomes do sistema financeiro vão admitindo o potencial das criptomoedas. Agora, foi a vez do Deutsche Bank (ou “Banco Alemão”, em português).

Para a instituição financeira, que é a maior da Alemanha e uma das maiores do mundo, as criptomoedas podem vir a substituir as moedas fiduciárias até o ano de 2030.

A declaração foi dada em um relatório de mais de 80 páginas, onde o banco de mais de 149 anos deu suas previsões para o futuro em diversos aspectos financeiros. Segundo o texto, essa substituição pode acontecer ao passo em que “as forças que mantêm o sistema financeiro fiduciário unido” começam a se desfazer.

O texto argumenta que as criptomoedas terão o potencial de substituir o dinheiro físico sse um dos membros dos gigantes da tecnologia, GAFA (Google, Apple, Facebook e Amazon), ou do chinês BATX (Baidu, Alibaba, Tencent e Xiaomi), superarem os principais obstáculos regulatórios no momento.

“A longo prazo, isso ampliaria o apelo das criptomoedas, aceleraria sua adoção e lhes daria o potencial de eventualmente substituir o dinheiro físico”, afirma.

O Banco Alemão citou o que acredita serem os principais obstáculos atualmente para as criptomoedas. Segundo a instituição:

  • Elas precisam se tornar legítimas aos olhos dos governos e reguladores, por meio de estabilidade no preço e vantagens para comerciantes e consumidores;
  • Precisam de alcance global permitido no mercado de pagamentos, por meio de alianças com partes interessadas, como aplicativos para dispositivos móveis, como Apple Pay, Google Pay, fornecedores de cartões como Visa e Mastercard e varejistas, como Amazon e Walmart

 

“Se esses desafios puderem ser superados, o futuro do dinheiro físico estará em risco”, declarou.

Leia também: Brasil deixa EUA para trás e é responsável por 30% das transações da Ripple no mundo

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias