Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Fundo do poço: Bitcoin Banco tem luz e internet cortadas por falta de pagamento e demite funcionários

Fundo do poço: Bitcoin Banco tem luz e internet cortadas por falta de pagamento e demite funcionários

bitcoin-banco-claudio-oliveira-justiça-portais-notícias-jornalistas-delegado-áudio
Foto: Reprodução/YouTube

As empresas do Grupo Bitcoin Banco, fundado por Cláudio Oliveira, tiveram os serviços de energia, Internet e e-mail suspensos por falta de pagamento.

De acordo com o jornal Plural, o autoproclamado ‘rei do bitcoin’, acusado de dar calote até na Rede TV, deixou de pagar os serviços das empresas fornecedoras Copel, Comparex e Horizons.

O GBB, confirmou a informação e alega já ter encaminhado um pedido para que os serviços retornem. Graças à recuperação judicial, o Grupo não terá que pagar as contas, já que a Lei de Falências visa o mantimento da atividade da para garantir as receitas que poderão vir a quitar dívidas e reestabelecer o negócio.

A empresa também demitiu mais funcionários para conduzir o processo de Recuperação Judicial, afirma. Dessa vez, os setores atingidos foram do financeiro, marketing, processos, compliance, TI e atendimento.

Sobre as demissões, o GBB alega que está realizando um processo de “reestruturação organizacional das empresas, revisão de processos operacionais e redução de seu quadro de colaboradores”.

“Este tipo de medida está alinhada ao planejamento estratégico do negócio, e se torna necessária em empresas incluídas em processos de recuperação judicial, pois contribui com a redução de custos e efetividade do plano de recuperação em produção desde o deferimento do processamento em 27 de novembro.”

Leia também: Justiça bloqueia mais de R$ 6 milhões da 3xBit

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias