Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Tudo que você precisa saber sobre a taxa de Hash do Bitcoin

Tudo que você precisa saber sobre a taxa de Hash do Bitcoin

Para prospectar nesse setor, seja como investidor, escritor, programador ou até mesmo como criador, é preciso conhecer a tecnologia das criptomoedas e da Blockchain. 

Toda a tecnologia é complexa e difícil de navegar, especialmente quando se depara com a taxa de hash, para alguns, a taxa de hash não significa absolutamente nada.

Fica ainda mais complicado quando aprende que uma taxa de hash não é um objeto estático, é algo que pode mudar, e é relativo ao clima. 

A The Next Web (TNW) produziu um pequeno guia, dando a oportunidade de aprender tudo sobre a taxa de hash do Bitcoin.

Em seu formato mais fundamental, a taxa de hash é poder de processamento da rede Bitcoin, quando a taxa de hash é baixa, a blobkchain tem pouca energia, é como se fosse um carro com muito combustível, mas simplesmente não está usando o combustível de maneira eficiente. 

“À medida que os Bitcoins são minerados, os blocos de transações verificadas precisam ser misturados antes de serem adicionados à crescente cadeia de blocos, também conhecida como blockchain. Cada um desses hashes é criado ao concluir com êxito um quebra-cabeça matemático intencionalmente difícil. A taxa de hash é uma medida de quantas vezes a rede pode tentar concluir esse quebra-cabeça a cada segundo. Isso significa que a taxa de hash é um bom indicador da saúde da rede Bitcoin. É preferível uma alta taxa de hash, quando comparada com uma menor, pois significa, efetivamente, que a rede está mais segura contra ataques de 51%”, de acordo com a TNW.

O ataque de 51% é aqueles que vê uma entidade assumir o controle da maioria (ou pelos menos 51%) da blockchain ou da rede. 

Uma alta taxa de hash significa que, para alguém realizar tal ataque, eles precisariam de um nível quase impossível de recursos para atacar, portanto, uma taxa de hash mais alta reduz significamente o risco desse ataque.

Essa taxa continua a crescer a medida que mais pessoas acessam a rede. 

“À medida que a rede Bitcoin cresce e pode computar mais hashes por segundo, sua taxa de hash aumenta. A adição de máquinas de mineração ASIC (Circuito Integrado Específico à Aplicação) mais poderosas também aumenta a taxa de hash da rede. Ao longo dos 10 anos de vida do Bitcoin, a rede se tornou tão poderosa que pode calcular quintilhões de hashes a cada segundo. Para facilitar a compreensão, 74 quintilhões de hashes por segundo são escritos como 74 EH / s, declarou a TNW.

Esse crescimento é evidente nas mudanças que vimos no Bitcoin, tanto no preço quanto na taxa de hash. 

Concluindo, hash é o poder, quanto mais poder, mais eficiente e segura é a blobkchain.

Leia também: Atlas Quantum vende cadeiras para pagar 13º salário

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias