Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Zuckerberg vai focar em “oportunidades de descentralização” nessa década, isso inclui a Libra?

Zuckerberg vai focar em “oportunidades de descentralização” nessa década, isso inclui a Libra?

zuckerberg-facebook-libra-criptomoedas-brasil-

O bilionário Mark Zuckerberg, dono do Facebook, usou seu perfil pessoal na mídia social para falar sobre objetivos e novos desafios que estabeleceu para essa década em um texto publicado na última quinta-feira (09).

Cansado de metas anuais, o programador agora quer focar em propósitos a longo prazo, mas isso inclui o projeto de stablecoin, Libra, anunciado pela da gigante das mídias sociais ano passado?

Na publicação, Zuckerberg disse que o Facebook busca “criar ferramentas de comércio e pagamentos para que todo pequeno negócio tenha acesso fácil à mesma tecnologia que apenas grandes companhias tiveram”.

“A área em que estamos mais focados é ajudar as pequenas empresas. Nos nossos serviços, mais de 140 milhões de pequenas empresas já alcançam clientes – principalmente de graça. Hoje, isso assume a forma de um empresário que cria uma conta no Facebook, Instagram ou WhatsApp e depois se comunica com as pessoas gratuitamente ou compra de anúncios para divulgar sua mensagem de maneira mais ampla.”

Segundo o empresário norte-americano, as pequenas empresas poderão “efetivamente se tornar empresas de tecnologia” se tiverem puderem vender seus produtos através do Instagram, oferecer suporte ao cliente pelo Messenger ou enviar dinheiro a baixo custo pelo Whatsapp, e declarou:

“Uma economia forte e estável vem de pessoas com sucesso em geral”.

De fato, a visão do bilionário é interessante, mas se assemelha mais à democratização das oportunidades do que à descentralização destes processos.

Embora a publicação tenha sido focada nos objetivos da década, Zuckerberg não mencionou em nenhum momento a Libra, cujo lançamento está marcado para 2020.

O bilionário usou o texto para destacar outras iniciativas que o Facebook está trabalhando, como realidade virtual, novas formas de governança da comunidade e até uma “nova plataforma social privada”.

Enquanto a criptomoeda do Facebook enfrenta os reguladores dos EUA e dos governos do mundo todo, o que resta é esperar para ver o que acontecerá com o projeto.

Leia também: “O Bitcoin não é um meio de pagamento”, declara vice-presidente da Libra do Facebook

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias