Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Mercado Bitcoin pretende lançar 100 tokens em sua plataforma em 2020

Mercado Bitcoin pretende lançar 100 tokens em sua plataforma em 2020

Mercado Bitcoin divulga programa de segurança contra lavagem de dinheiro

O Mercado Bitcoin, a maior exchange de criptomoedas do Brasil, pretende lançar mais de 50 tokens em 2020 e ampliar suas iniciativas de tokenização de ativos reais, conforme reportagem do Cointelegraph

A empresa anunciou recentemente iniciativas para ampliar sua oferta de ativos tokenizados, como os tokens baseados em uma cesta de jogadores de futebol, dívidas de consórcios e o futuro de tokenizar recebíveis de empresas. 

O diretor do Mercado Bitcoin, Fabrício Tota, afirmou em entrevista, que a exchange sempre teve a ideia de usar a blockchain para trabalhar com a tokenização de ativos reais. 

“A primeira iniciativa foi a tokenização de precatórios, com títulos oriundos de ações dos estados, municípios e da própria União. É um mercado que já existe e é bastante forte, que hoje está concentrado no setor bancário, que não chega nas mãos do investidor comum, e tem um retorno bastante interessante com um risco de crédito que dá um relativo conforto”, declara Fabrício.

O Mercado Bitcoin pretende lançar tokenização de outros ativos além dos precatórios em 2020 e 100 novos tokens neste ano, de 8 tipos diferentes. 

O diretor também comentou sobre outros assuntos como o projeto Libra do Facebook, as pirâmides financeiras de 2019 e o tão aguardado halving do bitcoin.

Para Tota, as empresas fraudulentas e os golpes de 2019 impactaram o mercado de criptomoedas, como outros golpes. Entretanto, o diretor prefere observar as ações positivamente e não focar nas pirâmides do ano passado. 

“Prefiro ver do lado bom, tem a Mercado Bitcoin com as suas iniciativas, outros players importantes no mercado, exchanges também, que já estão há algum tempo no ecossistema e vêm fazendo um bom trabalho. É bom a gente começar um novo ano com um mercado de criptomoedas como ele é de fato”, declara o diretor da exchange.

Ele também comentou sobre os benefícios do projeto Libra, que fez com que as exchanges e o mercado de criptomoedas atingissem um público mais amplo. 

“Sem dúvida nenhuma traz benefícios pra esse ecossistema já estabelecido. Se você pensar que o Facebook tem bilhões de usuários no mundo todo, você tem uma dimensão desse impacto”, declara. 

A criptomoeda do Facebook facilitaria pagamentos, já que no Brasil tem uma grande adesão pelo whatsapp, Tota diz“ imagina ter uma função que você clica em um botão e envia um pagamento em criptomoeda para um conhecido, isso é muito interessante. Então acho que como um todo vai trazer benefícios, sim”.

Para o diretor, o tão aguardado halving do bitcoin terá uma alta nos preços sim, mas de forma não tão significativa quanto as anteriores. 

Leia também: CEO da Mastercard explica os motivos de ter deixado a Associação Libra do Facebook

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias