Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Senac oferecerá curso gratuito de blockchain em parceria com a CVM e Banco Mundial em todo o Brasil

Senac oferecerá curso gratuito de blockchain em parceria com a CVM e Banco Mundial em todo o Brasil

blockchain-curso-senac-cvm-bancomundial-programação-brasil-jovens-gratuito

Uma parceria inédita entre a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Banco Mundial e Senac, oferecerá um programa de capacitação de jovens brasileiros focado em programação de blockchain.

O objetivo do projeto é facilitar a transição dos jovens da escola para um emprego por meio de um curso profissionalizante, conforme informou o jornal Valor Econômico.

“Sugerimos uma academia, não só de programação, mas de blockchain”, disse José Alexandre Vasco, superintendente de orientação e proteção aos investidores da CVM.

O projeto, chamado “Programe Seu Futuro”, já teve uma turma piloto que se formou em 2019. O curso foi oferecido a jovens da Vila Olímpica da Pavuna, bairro da zona norte do Rio de Janeiro, e dividido em duas opções: uma com foco em educação financeira e empreendedorismo e outra voltada para programação e blockchain.

A meta agora é expandir a formação para programas de jovens aprendizes no Brasil a partir do segundo semestre, de forma gratuita, e com um conteúdo programático maior. Ao todo, serão 800 horas de aprendizado, e contará com 80 a 100 professores do Senac.

Na parte de blockchain, os alunos aprenderão sobre os princípios do design da tecnologia do Bitcoin, o reconhecimento de seus termos, como minerador, smart contracts e identidade soberana, além dos desafios de sua implementação.

A ideia é colocar o jovem perto do setor chave da empresa, e não apenas vinculado a posições de baixa complexidade, explica Anna Beatriz Waehneldt, diretora de educação profissional do Senac.

“A proposta curricular [capacitar aprendizes em TI] é inovadora (…) A CVM nos trouxe essa necessidade. Hoje, é preciso que os jovens tenham domínio do novo mercado de tecnologia financeira. No varejo e no setor administrativo, a automação está crescendo.”

Para Waehneldt, é preciso olhar para o futuro para que o jovem “possa ingressar, se manter e ter perspectiva de mobilidade no mercado de trabalho”.

No início do ano, a Samsung anunciou cursos gratuitos voltados para o deesenvolvimento de aplicativos utilizando a tecnologia blockchain.O programa, realizado em parceria com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), foi até o final de janeiro. 

Um estudo recente realizado pela Oracle, revelou que empresas que utilizam tecnologias emergentes, como blockchcain, crescem 80% mais rápido.

Leia também: Profissionais de TI e desenvolvedores de blockchain ganham visto especial em Portugal

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias