Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Atlas Quantum cobra aluguel de robô de clientes liquidados e tira site do ar mais uma vez

Atlas Quantum cobra aluguel de robô de clientes liquidados e tira site do ar mais uma vez

Depois do fiasco que foi a queda no mercado de criptomoedas em 12 de março, quando o robô Phoenix da Atlas Quantum liquidou os bitcoins de seus clientes, a empresa começou a cobrar o aluguel dos usuários prejudicados pelo robô, e agora retirou seu site do ar.

Grande parte dos usuários do robô de trade da Atlas perderam todos ou quase todos os seus bitcoins quando o preço do Bitcoin despencou, chegando a cair 50% em 24 horas, e o robô Phoenix que trabalhava com contratos futuros alavancados na BitMEX liquidou os ativos.

Na semana passada, clientes da empresa se questionavam sobre se a cobrança do aluguel do robô (50% do lucro auferido) seria realizada, e não demorou para que os grupos de investidores nas redes sociais começassem a pipocar de reclamações sobre a cobrança.

Segundo publicação do Criptofácil, diversos investidores relataram o recebimento de e-mails e confirmaram a veracidade das mensagens recebidas por investidores liquidados e não liquidados.

Site fora do ar

Nesta terça-feira (24), a Atlas comunicou aos seus seguidores nas redes sociais sobre uma nova atualização no sistema que deve durar até 72 horas.

Imagem: Reprodução/Facebook

Com isso, tanto a plataforma quanto o robô de trading da empresa estão fora do ar, sem aviso prévio.

Essa que é a segunda atualização do site em 2020, segue após a atualização de 20 de janeiro, quando a empresa anunciou uma “parada programada” que duraria 72 horas, mas se estendeu por quase três semanas, resultando na entrega de um site praticamente novo.

A Atlas Quantum está sem pagar seus clientes desde o final de agosto de 2019, quando entrou em crise após ser proibida pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) de atuar ofertando investimentos no mercado brasileiro.

Agora, seus clientes estão mais uma vez sem acesso à área de login ou consulta do saldo na plataforma devido a nova paralisação no sistema.

O Projeto Phoenix vem sendo divulgado pela empresa desde o final do ano passado, como uma forma de utilizar os lucros para pagar os investidores com saques em atraso na plataforma.

Contudo, em poucos dias o robô de trading conseguiu zerar o saldo em Bitcoin de vários clientes que acreditaram na empresa.

Leia também: Sem pagamento, cliente da Atlas Quantum coloca 56 Bitcoins a venda por US$ 350 cada

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias