Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Irã troca o nome de sua moeda e corta quatro zeros para combater a inflação

Irã troca o nome de sua moeda e corta quatro zeros para combater a inflação

irã-moeda-rial-tomen-economia-inflação-mudança-notícias-criptomoedas-governo-

O Parlamento do Irã aprovou, na segunda-feira (04), um novo plano econômico combater a inflação e salvar a economia do país.

Com isso, será realizado o corte de quatro zeros da moeda Rial que passará a se chamar Toman, informou a agência estatal Irna.

Com a mudança, cada unidade do Toman será equivalente a 10.000 riais, de acordo com o plano que deve passar pelo Conselho de Guardiões antes de entrar em vigor.

O conselho garantirá que as leis estejam em concordância com a Constituição e com a lei islâmica, e então o país manterá as duas moedas até a estabilização, como ocorreu com o Brasil na troca do Cruzeiro Real para o Real em 1994 numa mudança gradual.

De acordo com a agência de notícias, o Banco Central do país terá dois anos para “pavimentar o caminho para a mudança da moeda ao Toman”.

A discussão sobre a remoção de quatro zeros do padrão monetário iraniano vem acontecendo desde 2008, ou seja, há 12 anos.

Contudo, só ganhou força em 2018, quando o presidente norte-americano Donald Trump revogou unilateralmente o acordo nuclear de 2015 e reimpôs sanções ao país persa, levando o rial a perder mais de 60% de seu valor no mercado global.

Segundo o Irna, enquanto alguns especialistas acreditam que o corte dos zeros ajudará na redução de custo na cunhagem e impressão de notas, além de facilitar as tarefas relacionadas à contabilidade, outros afirmam que a mudança não tem nada a ver com a taxa de inflação.

Para alguns analistas, a mudança terá um impacto psicológico positivo em curto prazo.

Leia também: Medicamento contra o coronavírus é aprovado nos EUA

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias