Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Samsung abre vaga para cursos de programação em Internet das Coisas

Samsung abre vaga para cursos de programação em Internet das Coisas

Samsung abre vaga para cursos de programação em Internet das Coisas

A Samsung está com inscrições abertas para cursos gratuitos voltados a programação de aplicações destinadas a Internet das Coisas (IoT). 

Os cursos do Code IoT, pode ser realizado online por qualquer pessoa em todo o Brasil, conforme reportagem do Cointelegraph

As aulas online abrangem conteúdos voltados para a Internet das Coisas, ramo que pretende tornar diversos setores mais eficientes e inteligentes. 

Os cursos abertos são: Introdução à Internet das Coisas, Aprendendo a Programar, Eletrônica: conceitos e componentes básicos, Programação física com Arduino, Aplicativo para dispositivos móveis e Objetos inteligentes conectados. 

Os cursos têm duração de 6 semanas e os participantes que cumprirem as tarefas propostas receberão certificado de conclusão.

A Samsung tem como objetivo oferecer aos brasileiros a oportunidade de adquirir conhecimento em uma das áreas mais promissoras da tecnologia.

Segundo o site do Code Iot, “nas próximas décadas, espera-se que bilhões de dispositivos inteligentes estejam interconectados, interpretando informações do ambiente e interagindo com o mundo”. 

Entretanto, de acordo com alguns especialistas, a IoT alcançará todo seu potencial quando for aliado a blockchain. 

A empresa nacional, Tivit, concorda com tal desfecho e destaca o potencial que a blockchain e a IoT podem desempenhar por serem tecnologias complementares e que ajudaram a impulsionar uma mudança na sociedade. 

De acordo com a Tivit, a blockchain permitirá que os ecossistemas de IoT rompam com o tradicional paradigma de redes centralizadas baseadas em conectores, onde os dispositivos depende de um servidor central para identificar e autenticar dispositivos individuais. 

O engenheiro de inovação na Tivit, destacou que “além disso, as redes centralizadas são difíceis de estabelecer em muitos setores industriais, como grandes fazendas, onde os nós IoT se expandiram em áreas imensas com escassas redes de conectividade”.

Leia também: Justiça desbloqueia quase R$20 milhões que seriam usados para pagar os clientes da BBOM

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias