Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Fraude no Banco do Brasil: Gerente é acusado de desviar R$60 milhões da instituição

Fraude no Banco do Brasil: Gerente é acusado de desviar R$60 milhões da instituição

banco do brasil-nubank-pagamentos-digitais-criptomoedas-fraude-60-milhões-gerente-polícia-civil-operação

A Polícia Civil realizou uma operação no Paraná nesta terça-feira (19), para combater um esquema de fraude que desviou R$60 milhões do Banco do Brasil. O gerente de uma agência da instituição é suspeito de cometer o crime.

De acordo com o Paraná Portal, as investigações apontam que o valor teria sido desviado de uma agência bancária no noroeste do estado. Além do gerente, um microempreendedor também é suspeito de participar do esquema.

Para apurar o caso, cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos simultaneamente pela Polícia Civil nesta terça-feira, nos municípios de Maringá, Loanda e Porto Rico.

Contudo, as investigações já correm há algum tempo, desde outubro de 2019, quando o Banco do Brasil denunciou a suspeita de fraude às autoridades.

Como se deu a fraude

Segundo as acusações, o gerente geral da agência teria alterado a senha de seus subordinados – sem o conhecimento ou autorização deles, para efetuar a transferência do numerário para a conta do microempreendedor envolvido no esquema.

As senhas de pelo menos três funcionários eram necessárias para realizar a transferência de alto valor.

Assim que recebeu o dinheiro, microempreendedor transferiu o dinheiro fracionadamente para outras três contas jurídicas, aponta a matéria.

Em adição, o gerente também teria utilizado, sem autorização, a senha de uma gerente de agência bancária em São Paulo, por meio da qual teve acesso ao sistema que efetiva a transferência.

“O gerente-geral da agência de Porto Rico se valia do poder que tinha para transferir valores milionários para conta de pessoas ligadas a organização criminosa. Essas pessoas tinham o perfil de um cliente regular. Neste caso, o microempreendedor recebeu R$ 60 milhões de um dia para a noite, e no momento seguinte pulverizou o dinheiro para outras contas”, explicou o delegado Guilherme Dias.

De acordo com a polícia, o valor foi recuperado assim que o golpe foi descoberto. Agora, as autoridades seguem com a investigação para localizar pessoas envolvidas no esquema em outras cidades do Paraná e São Paulo.

R$30 milhões roubados do Santander para comprar bitcoin

Há menos de um mês, outro caso de roubo à instituição bancária chamou atenção da população, quando um grupo de bandidos conseguiu roubar R$30 milhões de uma conta da empresa Gerdau no banco Santander.

A investigação interna da instituição revelou que se tratou de uma invasão complexa, envolvendo a manipulação da codificação do canal interno do sistema.

Os bandidos tentaram comprar bitcoins com o dinheiro, mas foram impedidos pelas regras de compliance das empresas.

Leia também: Advogados desistem de defender a Unick e Leidimar Lopes pede advogado pago pelo Estado

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias