Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Para competir com o Zoom, Brave lança serviço de vídeochamadas focado em privacidade

Para competir com o Zoom, Brave lança serviço de vídeochamadas focado em privacidade

brave-together-zoom-videoconferencia-videochamadas-video-chamada-privacidade-blockchain
Imagem: Divulgação.

Com a pandemia do novo coronavírus, as videoconferências se tornaram uma ferramenta essencial para empresas, universidades e outros. Agora, o navegador Brave, baseado em blockchain, decidiu entrar neste setor para competir com o Zoom.

O navegador focado em privacidade que conta com mais de 13 milhões de usuários, anunciou na terça-feira (26) o lançamento da versão de testes do Brave Together, sua própria versão de chamadas de vídeo como uma alternativa mais segura.

O serviço atualmente disponível na América do norte para os usuários do programa Nightly Browser oferece criptografia de ponta a ponta para videochamadas individuais e atualmente está trabalhando para ativar a função para chamadas com várias pessoas.

O Brave Nightly é uma versão de teste e desenvolvimento do navegador que é atualizada todas as noites.

De acordo com o comunicado, o programa Brave Together foi construído usando o software de código aberto Jitsi.

Em março desse ano, a Binance anunciou uma parceria com a Brave para negociação de criptomoedas dentro do Brave Nightly por meio de um widget.

O navegador criado com o objetivo de bloquear anúncios que violam a privacidade dos usuários, dá a eles o poder de escolha, e quem quiser visualizar propagandas recebe o token Basic Attention (BAT), que agora pode ser trocado por recompensas em gigantes como Amazon, Apple e Netflix.

Leia também: Parceira da Ripple, MoneyGram anuncia parceria com a Uber

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias