Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

11 criptomoedas 'melhores que o bitcoin', segundo instituto pesquisa do governo da China

11 criptomoedas 'melhores que o bitcoin', segundo instituto pesquisa do governo da China

Criptomoedas-bitcoin-btc-China-Moeda digital da China Teste começa em 4 cidades

Um novo índice sobre as melhores criptomoedas do mercado lançada pelo Centro Chinês de Desenvolvimento da Informação e Indústria (CCDI), colocou 11 criptoativos à frente do Bitcoin (BTC) no ranking geral.

Na lista que conta com 37 ativos digitais, a principal criptomoeda do mercado ficou com a 12° posição, considerando critérios como tecnologia, aplicabilidade, recursos, desempenho, segurança, criatividade e descentralização.

O CCDI é um instituto de pesquisa do governo da China, e essa é a 18º edição do Índice Global de Avaliação de Tecnologia em Cadeia Pública da agência.

Veja as criptomoedas listadas como melhores que o BTC:

Em 11° lugar, ficou a DASH, apontada como sucesso em países como Venezuela e Nigéria. Abrindo o top 10, está a GXChain (GXC), seguida da Stellar (XLM) em 9° lugar.

NULS, QTUM e NEO ocupam o 8°, 7° e 6° lugar no índice, respectivamente.

Já no 5° e 4° lugar do ranking, estão Lisk (LSK) e IOST, nessa ordem.

No top 3, estão criptomoedas bastante conhecidas no setor, como a Ethereum (ETH) de Vitalik Buterin em 3°, com 136,4 pontos.

Já em 2°, está a Tron (TRX) do controverso Justin Sun, com 138,43 pontos.

Por fim, quem levou o “troféu” de melhor criptomoeda, foi a EOS, com 156,1 pontos.

Em contraste, o bitcoin conseguiu apenas 106,2 pontos no ranking geral do índice, embora seja considerada a criptomoeda mais inovadora na lista.

A XRP, outra criptomoeda aclamada por muitos investidores, ficou no 14° lugar, com 105 pontos.

Leia também: Hacker revela como invadiu uma carteira de Bitcoin em 30 horas

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias