Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

'Ethereum é pior do que eu pensei', diz inventor do algoritmo usado no Bitcoin

'Ethereum é pior do que eu pensei', diz inventor do algoritmo usado no Bitcoin

Adam-black-bitcoin-ethereum-eth

Adam Back, CEO da Blockstream e inventor do algoritmo usado na mineração do Bitcoin, pegou alguns entusiastas de surpresa ao sugerir que a Ethereum é um projeto ruim.

Em uma publicação no Twitter nesta sexta-feira (10), o cypherpunk doutor em criptografia reagiu a um usuário que compartilhou um texto acusando a Ethereum, criação de Vitalik Buterin, de ter “roubado” a ideia de contratos inteligentes.

“Não havia lido isso. Parece que a ETH é ainda pior do que eu pensei. Caramba”, respondeu Back.

O artigo intitulado “O que há com os contratos inteligentes da Ethereum”, foi publicado em 2017 por um usuário cadastrado como ‘O Professor’, na plataforma Medium.

No texto, o usuário argumenta que embora a Ethereum ganhe crédito pelo contratos inteligentes, eles foram criados por Nick Szabo em 1996, e a plataforma de Vitalik teria se apropriado do conceito.

A primeira aplicação conhecida da invenção de Szabo foi o Bitcoin, na qual possibilitou a criação personalizada de diversos aplicativos descentralizados (dApps) na blockchain da primeira e maior criptomoeda do mercado.

Entre as possibilidades, estão contas multi-assinaturas, oráculos, canais de pagamento e negociações de criptomoedas entre blockchains e, até mesmo a Bisq, famosa exchange descentralizada.

“Tecnicamente incorreto”

Em resposta ao comentário do CEO da Blockstream sobre a Ethereum, um usuário do Twitter disse que ele estava “tecnicamente incorreto”.

Isso porque, conforme argumentou @BitcoinBigBird, a plataforma de Vitalik Buterin foi a responsável pela popularização da tecnologia, embora não a tenha criado.

“Considere que a Omni [camada de desenvolvimento na rede Bitcoin] existia dois anos antes do ETH. Mesmo assim, ninguém a utilizava. É preciso falar de efeito da rede. 11 anos depois, ninguém usa contratos inteligentes na rede Bitcoin, apesar de ser meia década mais velha do que o Ethereum. Não quero dizer que isso não possa mudar, mas…”, disse o usuário.

Leia também: BitClub: Programador se declara culpado em caso de pirâmide com bitcoin que roubou R$3,8 bilhões

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias