Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Mansão de pirâmide milionária envolvendo bitcoin é incendiada no Rio Grande do Sul

Mansão de pirâmide milionária envolvendo bitcoin é incendiada no Rio Grande do Sul

mansão-piramide-bitcoin-incendio-fogo-chamas-polícia-rs-taquara
Imagem: Incêndio em mansão envolvida em pirâmide com criptomoedas. /Divulgação

No Rio Grande do Sul, uma mansão envolvida em um esquema milionário de pirâmide financeira com bitcoin amanheceu em chamas na segunda-feira (27), em meio à um incêndio que durou cerca de duas horas e meia, segundo os bombeiros.

Conforme reportou o Jornal Panorama, a casa de luxo fica em um sítio avaliado em R$3 milhões, no interior de Taquara, no Vale do Paranhana.

O imóvel que possui até um bunker de três andares, estava apreendido judicialmente após ter sido alvo Operação Faraó realizada pela Polícia Civil no dia 5 de junho, conforme noticiado aqui no Criptonizando.

Na época, foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão e prisão preventiva contra envolvidos no esquema.

O incêndio

Moradores da região acionaram o Corpo de Bombeiros, que chegou à propriedade por volta das 6h30 de ontem.

As chamas destruíram uma parte da mansão e consumiu o deck onde ficava a piscina, mas ninguém ficou ferido, aponta a matéria.

incendio-mansao-golpe-criptomoedas

A causa do incêndio é desconhecida até o momento, mas pode se tratar de um ato criminoso.

A propriedade pertence a suspeitos de operar um esquema piramidal que causou um prejuízo de mais de R$27 milhões em cidades da região em 2017.

Cerca de R$10 milhões em bens, como mais de 60 veículos e imóveis – incluindo o sítio incendiado, foram adquiridos pelos suspeitos.

Leia também: Coinbase revela quantos usuários possui e CEO explica porquê a Monero ainda não foi listada

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias