Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Gigante de viagens paga 414 bitcoins após ter 30.000 computadores invadidos por hackers

Gigante de viagens paga 414 bitcoins após ter 30.000 computadores invadidos por hackers

criptomoedas-bitcoin-btc-hacker-cwt-viagens-gestão-gigante-empresa-ransomware-ataque

A CWT, uma das principais empresas de gestão de viagens do mundo, acaba de pagar 414 bitcoins à hackers que invadiram seus sistemas. 

A gigante estadunidense teve 30.000 computadores invadidos e informações roubadas em um ataque de ransomware, segundo informações da Reuters. 

O montante equivalente a R$ 23,5 milhões foi pago em BTC após intensa negociação entre os hackers e um representante da companhia em um bate-papo público on-line. 

Para invadir os sistemas da CWT, anteriormente conhecida como Carlson Wagonlit Travel, os hackers usaram um ransomware chamado Ragnar Locker. 

Essa classe trojan é projetado para criptografar arquivos do computador, tornando-os inutilizáveis, além de encerrar programas instalados. 

Sendo assim, para retomar acesso ao sistema, a vítima precisa pagar pelo acesso à restauração. 

Resgate 

A empresa confirmou o ataque e, segundo a matéria, os hackers inicialmente exigiram um pagamento de R$ 52,2 milhões para restaurar os arquivos e excluir todos os 2 terabytes de dados supostamente roubados. 

As informações incluíam relatórios financeiros, documentos de segurança e dados pessoais dos funcionários. 

Em mensagens revisadas pela Reuters, os invasores afirmam em 27 de julho: 

“Provavelmente é muito mais barato [pagar o resgate] que as despesas com processos judiciais e perda de reputação causada por vazamento.” 

No entanto, a CWT negociou, e argumentou que foi severamente atingida pela pandemia do novo coronavírus, conseguindo que os criminosos aceitassem o valor de R$ 23 milhões em resgate (414 BTC na cotação de 28 de julho). 

A empresa registrou uma receita de US $ 1,5 bilhão no ano passado e diz representar mais de um terço das empresas no índice de ações do S&P 500 nos EUA. 

Em nota, a CWT disse ter informado imediatamente a polícia nos EUA e as autoridades euopéias de proteção de dados. 

Leia também: Serasa Limpa Nome: Nova campanha quita dívidas por R$ 100

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias