Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Startup brasileira quer se tornar o primeiro banco de criptomoedas do país e busca sócios

Startup brasileira quer se tornar o primeiro banco de criptomoedas do país e busca sócios

brasil-startup-brasileira-alterbank-criptomoedas-bitcoin-btc-banco

Recentemente, uma exchange de criptomoedas nos EUA recebeu, pela primeira vez na história do país, uma autorização para se tornar um banco. Agora, uma startup pretende fazer o mesmo no Brasil. 

Alterbankfintech carioca que oferece conta digital com funcionalidades tradicionais mais as vantagens de saldo e operações em Bitcoin e outras criptomoedas, abriu uma rodada de investimentos para captar R$ 2 milhões.

A empresa fundada em 2018 quer atingir o montante por meio de financiamento coletivo, e oferece cotas a partir de R$ 800 para os interessados no projeto da empresa de se tornar o primeiro banco de criptomoedas brasileiro. 

O montante equivale a 13,3% do capital social do Alterbank, ou seja, cada cota de R$ 800 equivale a 0,0053% de participação acionária. 

A modalidade de captação é regulamentada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). 

Segundo a empresa, o valor captado será usado para investir em áreas de infraestrutura, tecnologia e produto, além de captação de clientes. 

Caso o Alterbank atinja seu objetivo, a empresa diz que abrigará um ecossistema composto por plataforma de meios de pagamento, negociação e investimentos em criptoativos. 

“Nossa ideia foi permitir que nossos clientes, a comunidade cripto e o investidor pessoa física, que quer investir em uma startup e busca um projeto consistente, façam parte do nosso quadro societário e nos ajudem a construir o primeiro banco cripto brasileiro”, afirma Vinicius Frias, CEO da startup. 

De acordo com o anúncio, a captação equivalerá à rodada de capital semente, ou seja, para empresas em estágio inicial. 

A empresa já conta com mais de 20 mil clientes, e, segundo Frias, o Brasil “já é o quinto em número de usuários de Bitcoins, mas com potencial para crescer muito mais”. 

Leia também: 88% de todos os Bitcoins já foram minerados, veja quanto restou

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias