Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Bancos Centrais querem moedas digitais por temerem o bitcoin

Bancos Centrais querem moedas digitais por temerem o bitcoin

Banco Centrais querem moedas digitais por temerem o bitcoin

Segundo um relatório detalhado do Bank for International Settlements (BIS), os bancos centrais estão procurando desenvolver moedas digitais por temerem o bitcoin (BTC).

A moeda digital emitida pelo banco central (CBDC), progrediu bastante e está se tornando inevitável, conforme reportou o Cryptopotato.

O CBDC é uma nova forma de moedas fiduciárias emitas por bancos centrais em formato digital, utilizando centralização. 

Países como Japão, China e EUA estão pesquisando e desenvolvendo suas moedas digitais nacionais. 

Um artigo divulgado em conjunto coordenado e publicado pelo BIS nesta sexta-feira (09), revelou que os bancos centrais estão desenvolvendo CBDCs por temer o bitcoin. 

O BIS oferece suporte aos principais bancos centrais nacionais: Federal Reserve, Banco Central Europeu, Banco do Canadá, Banco do Japão, Banco da Inglaterra, Banco Nacional da Suíça e banco central da Suécia, Sveriges Riksbank.

O documento destacou os principais critérios para o lançamento e emissão pública de moeda digital do banco central.

Os bancos avaliaram a viabilidade dos CBDCs e como eles ajudariam os bancos centrais a cumprir seus objetivos de política pública. 

A maior preocupação é perder o controle do sistema de pagamento, o que pode ser prejudicado pela adoção em massa de criptomoedas, como o bitcoin e soluções privadas como a Libra do Facebook.

Os bancos centrais querem moedas digitais que sejam baratas ou de uso gratuito, que não prejudiquem a estabilidade monetária e financeira. 

Segundo o relatório, eles querem moedas digitais que possam coexistir com outras propostas legais, especialmente dinheiro. 

O BIS acredita que um CBDC projetado para fornecer “esses recursos podem promover pagamentos mais resilientes, eficientes, inclusivos e inovadores”.

No entanto, apesar de não querer perder o controle do sistema de pagamentos, o relatório observou que deve haver “um papel adequado para o setor privado, além de promover a concorrência e a inovação”.

Leia também: Trader revela como transformou 0,19 BTC em US$ 100.000 em 3 semanas

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias