Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Rússia vai para cima do mercado de criptomoedas

Rússia vai para cima do mercado de criptomoedas

Rússia vai para cima do mercado de criptomoedas

A Rússia não está facilitando o acesso dos investidores às criptomoedas ultimamente, além de propor a proibição total das criptomoedas e mineradores, o país vem impondo mais barreiras para os criptoativos. 

Em novo projeto de lei apresentado pelo Ministério da Rússia, o governo quer ficar com 30% dos bitcoins (BTC) não declarados.

O país tem ido contra as criptomoedas desde o início deste ano, quanto legalizou os ativos, mas proibiu seu uso como forma de pagamento.

Compras limitadas

Recentemente, o Banco Central da Rússia tem considerado limitar as compras de criptomoedas para investidores não qualificados.

O órgão regulador emitiu um projeto de diretiva para definir as características dos ativos financeiros digitais e está disposto a estabelecer regras para o investimento em tais instrumentos por investidores qualificados e não qualificados.

A proposta quer limitar os investimentos em quaisquer exchanges de criptomoedas a até 600.000 rublos por ano, cerca de US$7.779, para todos os indivíduos e empresários não qualificados. 

Contudo, os investidores qualificados podem investir em ativos digitais de acordo com as leis estrangeiras. 

Segundo o Finance Magnates, isso ocorreu de acordo com uma lei aprovada anteriormente sobre ativos digitais. 

O regulador está buscando discussões públicas sobre a proposta, e caso for liberada, as regras devem entrar em vigor a partir de 1° de janeiro de 2021.

Proibido espalhar informações sobre cripto


O órgão regulador do país também proibiu uma famosa exchange de criptomoedas P2P, sob o argumento de que a plataforma “espalha informações sobre a compra e venda de BTC”.

Por mais que a Rússia seja um dos mercados de bitcoin mais importantes do mundo, seu governo está disposto a bloquear transações de blockchain

De acordo com o Decrypt, o regulador de serviços de telecomunicações da Rússia, Roskomnadzor, bloqueou o acesso ao portal LocalBitcoins no país, que é uma importante fonte de tráfego para investimento peer-to-peer (P2P). 

Além disso, a maior exchange de criptomoedas, Binance, também anunciou que estava sendo bloqueada, mesmo não estando na “lista de bloqueados” do governo. 

Em julho de 2020, a Rússia declarou restrições a LocalBitcoins, com base na justificativa de que o site poderia estar disseminando informações ilegais para o público.

Isso coincidiu com uma revisão das leis de criptomoedas Rússia, que agora é ilegal o uso para pagamentos. 

Em 2016, a LocalBitcoins foi bloqueada por Roskomnadzor. A exchange não emitiu nenhuma declaração sobre o ocorrido, mas seus clientes russos conseguem acessar a plataforma utilizando uma VPN que mascara sua localização real. 

Leia também: Modelo de imposto sobre Bitcoin está sendo criado por organização com 37 países

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias