Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Novo Bitcoin tokenizado pode virar febre do DeFi na rede Ethereum

Novo Bitcoin tokenizado pode virar febre do DeFi na rede Ethereum

polkadot-polkabtc-bitcoin-token-blockchain-criptomoedas

Um novo token está chegando para aumentar a montanha de Bitcoin (BTC) travada na rede Ethereum e levar a liquidez da criptomoeda às aplicações de finanças descentralizadas (DeFi). 

Com mais de US$ 1,6 bilhão em BTC circulando na rede Ethereum, agora a equipe da Polkadot quer conquistar uma fatia do mercado com seu novo projeto. 

Ontem (15) o time anunciou o PolkaBTC, token que será pareado 1 para 1 com o Bitcoin, ou seja, terá o mesmo preço que o criptoativo. 

A novidade pretende replicar o sucesso de outros projetos de Bitcoin tokenizados, como o Wrapped Bitcoin (wBTC). 

A equipe anunciou que sua ponte cross-chain para BTC entrará em operação no primeiro trimestre de 2021, permitindo que usuários transacionem seu BTC como PolkaBTC em plataformas DeFi. 

A ponte oficial entre Bitcoin-Polkadot, desenvolvida pela Interlay com o apoio da Parity Technologies, está sendo financiada pela Web3 Foundation, e não terá autoridade central. 

A ponte será operada por uma rede descentralizada mantida por usuários regulares e várias empresas. Além disso, mantenedores não precisarão de permissão ou tokens adicionais para ajudar a rede a operar e ganhar taxas. 

Projetos como o PolkaBTC e wBTC permitem que os usuários transfiram seu BTC fora da blockchain nativa da criptomoeda, criando uma “cópia” em outras chains, enquanto o BTC “real” é bloqueado em contratos inteligentes. 

Quando um usuário recupera seu BTC de volta para a blockchain nativa, as versões tokenizadas correspondentes dele são destruídas.

Polkadot afirma que todos os detentores de PolkaBTC poderão resgatar suas moedas embaladas por BTC ou “serão reembolsados na moeda de garantia a uma taxa vantajosa”. 

“No lançamento, a garantia será depositada no DOT. No médio / longo prazo, isso pode ser estendido para stablecoins ou conjuntos de tokens para melhorar a estabilidade”, diz o anúncio. 

O comunicado afirma que o primeiro testnet alpha será lançado em novembro, seguido por um beta pronto para recursos em janeiro de 2021. 

Depois de uma auditoria de código completa em fevereiro, a ponte Bitcoin-Polkadot entrará em operação no primeiro trimestre de 2021. 

Leia também: Presidente do CFTC: “Bitcoin é o e-mail, Ethereum é a internet”

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias