Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Bitcoin é eleito o melhor investimento em 2020 pela Luno

Bitcoin é eleito o melhor investimento em 2020 pela Luno

Bitcoin é eleito o melhor investimento em 2020 pela Luno

O Bitcoin (BCT) foi eleito como melhor investimento em 2020 pela exchange Luno, a criptomoeda é o ativo que registrou melhor desempenho deste ano comparado a outros ativos.

A moeda ultrapassou grandes empresas do mercado.

A Luno reportou os seguintes dados sobre os ganhos das principais gigantes fintech listadas em exchanges, com movimentos registrados a partir de 1º de janeiro de 2020: 

Reprodução Cryptonomist
  • Bitcoin + 87%;
  • Amazon + 74%,
  • Apple + 57%,
  • Facebook + 36%,
  • Google + 18%
 

Conforme reportou o Cryptonomist, o CEO da Luno, Marcus Swanepoel, argumentou que por mais que tenha sido impactado pela crise economia causada pelo novo coronavírus, o bitcoin emergiu mais forte depois de alguns meses.

“Embora não houvesse um único ativo no mercado que não fosse impactado negativamente pelas economias efetivamente fechadas em todo o mundo, o Bitcoin, sem dúvida, emergiu mais forte apenas alguns meses depois”, declara Marcus.

O CEO continua dizendo que o bitcoin superou o preço das ações de algumas gigantes do mercado:

“[Bitcoin] superou o preço das ações de algumas das maiores empresas do planeta – incluindo Google e Facebook – bem como opções tradicionais como ouro, sendo um bom presságio e servindo para torná-lo um ativo mais atraente para novos investidores”. 

A criptomoeda, como todo o mercado financeiro, sofreu com a crise da Covid-19 neste ano, tanto que nos dias que antecederam 12 e 13 de março, o bitcoin caiu para US$4.000, perdendo 20% do seu valor em uma hora.

A partir daí, o BTC começou sua lenta ascensão, também impulsionado pelo entusiasmo que acompanhou o halving em 11 de maio. 

O halving tornou o bitcoin uma mercadoria ainda mais escassa, reduzindo as recompensas dos mineradores pela metade, e tornando sua produção cada vez menos lucrativa. 

O caráter deflacionário da criptomoeda parece agradar os investidores, que temem as consequências da injeção de liquidez do FED, que está introduzindo algo em torno de US$3 trilhões no mercado para aquecer a economia.

Isso pode ter feito o preço do BTC subir, junto com sua adoção por grande investidores institucionais. Hoje, a situação pode fazer o bitcoin aspirar a bater recordes nunca antes vistos, o que só aumentará o número de investimentos que acreditarem nas criptomoedas.

Leia também: CEO da MicroStrategy revela R$ 1,35 bilhão em Bitcoin em sua carteira pessoal

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias