Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Cerca de 1 milhão de Ethereum ficaram presos na ETH 2.0

Cerca de 1 milhão de Ethereum ficaram presos na ETH 2.0

Cerca de 1 milhão de Ethereum ficaram presos na ETH 2.0

Um milhão de Ethereum ficaram presos na ETH 2.0, quatro dias após o protocolo ter lançado com sucesso sua Beacon Chain. 

Conforme reportou o Decrypt, a quantia vale atualmente mais de US$ 600 milhões e recompensaria os apostadores no futuro, quando outras fases fossem lançadas e os valores apostados fossem abertos para saques. 

No entanto, os rendimentos anuais desses fundos apostados permanecem não especificados até hoje. 

O ETH bloqueado é parte do movimento multifásico da Ethereum em direção a um protocolo de prova de aposta, longe de seu design de prova de trabalho atual. 

Essa mudança permitirá que o Ethereum se tornasse uma blockchain mais rápida, de baixo custo e mais escalonável.

Os fundos investidos são 116% mais altos do que a rede exigida, de acordo com a empresa de análise em cadeia Dune Analytics. 

O lançamento da Ethereum 2.0 aconteceu na última terça-feira (01), mais de 867.000 ETH foram enviados para a atualização, acima dos 524.288 ETH exigidos para iniciar a rede. 

Umas das baleias de ETH, Celsius Network, um protocolo de empréstimo, alegou desembolsar 25.000 ETH para a causa Ethereum 2.0, junto com outros grandes detentores de tokens e fundos de criptomoedas.

A Beacon Chain se tornou a rede principal, e será baseada na Prova de Participação, ao contrário da blockchain atual, que é baseada na Prova de Trabalho. 

A chamada Fase 0 apresenta a prova de aposta, na qual os detentores da ETH trancam sua criptomoeda para ter a chance de ganhar uma parte das recompensas em bloco. 

A próxima etapa da atualização é a criação de shard chains, em 2021, que teoricamente permitem que o blockchain manipule muito mais transações por segundo do que o Ethereum de prova de trabalho, que geralmente luta com congestionamento. 

Em 2022 ou no próximo ano, terá o lançamento da fase 1.5, o ponto no qual a Ethereum se unirá com a ETH 2.0, uma nova blockchain deve se tornar amplamente utilizável. 

Leia também: “Meu maior erro foi vender bitcoin em 2014”, diz Primo Rico

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias