Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Como minerar Bitcoin?

A mineração é uma parte fundamental para o funcionamento da rede Bitcoin. Ela é essencialmente o processo de inserir os registros das transações que acontecem na rede em um “livro-razão” compartilhado e público, também conhecido com Blockchain. Você pode imaginar isso como se transações concluídas fossem colocadas em uma planilha excel compartilhada com toda a rede.

Assim, quando as transações são enviadas para a Blockcahin, elas precisam de ser confirmadas pelos usuários antes de entrar de fato na rede Blockchain. Isso evita que transações ilegítimas sejam adicionadas ou ocorra um famoso crime virtual conhecido como “gasto duplo”, que acontece quando o mesmo dinheiro é gasto duas vezes.

Quem certifica essas transações são os chamados mineradores. Eles disputam entre si quem consegue minerar um bloco de transações primeiro. O vencedor é então é recompensado com 12,5 Bitcoins.

O que saber antes adquirir seu equipamento?

Na hora de escolher seu equipamento para minerar Bitcoins, você deve se atentar a algumas características importantes dos equipamentos.

Um parâmetro essencial para entender esse processo é o de hash. Taxa de hash é um número que indica a capacidade do seu equipamento efetuar os cálculos necessários para minerar Bitcoins. Quanto maior esse número, maiores suas chances de minerar o bloco e pegar a recompensa. Daí a importância de escolher um Hardware com alta taxa de hash.

As taxas de hash são apresentadas em em unidades de milhões por segundo (MH/seg), bilhões por segundo (GH/seg) e trilhões por segundo (TH/seg).

Outro fator a ser considerado é o gasto de eletricidade pois, quanto mais potente for seu equipamento, mais cara sua conta de luz vai ficar. Esses cálculos são essenciais para saber se vale ou não a pena minerar, caso o seu objetivo principal seja obter lucro com isso.

 

Escolhendo seu equipamento de mineração

asic mineraçao de bitcoin
Mineradora ASIC

Quando o Bitcoin surgiu, várias pessoas foram atraídas pela ideia de obtê-lo através da mineracao. No início, era possível minerar de uma simples CPU sem nenhum problema. Só que com o passar do tempo, o preço da moeda foi aumentando e a competição na mineração foi ficando cada vez maior.

Assim, as pessoas descobriram que usar placas gráficas (GPU) poderia ser um método bem mais eficiente que uma CPU. Só pra ter uma ideia, a taxa de hash de uma CPU comum fica em torno de 9 MH/seg, enquanto na GPU se consegue números próximos a 850MH/seg, isso é quase 100x mais!

No entanto, a era das GPUs não durou muito e logo apareceu um equipamento não só mais potente, mas também muito mais econômico em termos de consumo de energia. Esse hardware é chamado de FPGA, que é basicamente um circuito integrado que pode ser personalizado especificamente para a mineração. conseguindo uma taxa de hash 50% maior que as GPUs e gastando aproximadamente 5x menos energia. Tudo isso acabou por deixar as GPUs sem capacidade de competir e seu uso considerado obsoleto.

Outro hardware bastante usado nos dias de hoje juntamente com a FPGA, é o ASIC. Ele é provavelmente o equipamento mais sofisticado e eficiente atualmente, e pode atingir altíssimas taxas de hash. Justamente por isso, também possui os preços mais elevados dessa lista.

Calculando seus lucros

Como já dissemos, existem vários custos associados a mineração e é preciso avaliar se vai valer a pena pra você. E para te ajudar nessa decisão, é possível estimar seus lucros (ou prejuízos) através de algumas calculadoras online como nicehash, criptocompare e whattomine.
 
Para obter a estimativa, você precisa inserir dados como tipo do seu equipamento, preço da energia elétrica na sua região e taxa de hash.
 

Software de mineração

A necessidade ou não de instalar um software de mineração vai depender do tipo de equipamento que você está usando. CPUs, GPUs e FPGAs normalmente não vem com nenhum software instalado e você vai precisar escolher um. Opções bastante usadas incluem Bitcoin Miner, EasyMiner e CGMiner.

Por outro lado, se você for adquirir um ASIC, é provável que seu hardware já venha com tudo instalado e você não precisará se preocupar com isso.

O que é uma Pool de mineração?

Uma pool é um tipo de mineração onde vários usuários somam os poderes computacionais de suas máquinas para aumentar suas chances de minerar um bloco de Bitcoin. Dessa maneira, usuários que não tem equipamentos super potentes podem ter chances de competir com grandes mineradoras.

Ainda que a recompensas obtidas sejam dividas proporcionalmente à capacidade de cada máquina, juntar-se a uma pool costuma valer mais a pena do que tentar minerar sozinho.

As pools variam entre si de acordo com as taxas cobradas e capacidade de mineração. Podemos citar como exemplos de grandes pools de mineração a Ethpool, DwarfPool, f2pool e Ephfans. Sendo as duas últimas com operações mais voltadas para a China.

O que é mineração na nuvem?

A mineração na nuvem é uma opção para quem quer minerar mas não quer para investir em equipamento, software e etc. Minerar na nuvem é basicamente terceirar o processo e pagar uma mineradora fazer isso pra você, através da compra de um contrato de mineração. Depois, a partir da sua conta na mineradora, você pode acompanhar a evolução dos seus ganhos em Bitcoin.

Entretanto, é preciso ter muito cuidado com esse tipo de mineração. Pois, são cada vez mais frequentes golpes nesse tipo de negócio, como empresas que de um dia para o outro encerram suas atividades e desaparecem com seus Bitcoins. Por isso, é preciso pesquisar bem o histórico da empresa se você decidir ir por esse caminho.

Outro fator a ser levado em conta são as taxas e comissões que serão cobrados pelo serviço, que também diminuirá parte do seu lucro.

 

Ainda é lucrativo minerar Bitcoin?

Atualmente, como você já deve ter percebido, ficou muito difícil competir pela mineração de um bloco se você não possui equipamentos muito especializados. A mineração hoje virou um negócio milionário e é impossível um usuário comum fazer frente com grandes pools ou empresas de mineração. Entretanto, se você ainda tem interesse em minerar por conta própria usando o seu computador pelo simples objetivo de aprender e se familiarizar com esse processo, pode ser uma boa. Só tenha consciência de não será um processo lucrativo e a possibilidade de você conseguir um bloco dessa maneira é quase a mesma chance de ganhar na loteria.

Próxima: Guia de carteiras Bitcoin

Receba as notícias mais importantes no seu email

Receba as notícias mais importantes no seu email

Todos os guias