Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Conheça os gênios por trás das cinco criptomoedas mais valorizadas do mercado

Conheça os gênios por trás das cinco criptomoedas mais valorizadas do mercado

criptomoeda criador satoshi

O conceito de cada criptomoeda tem sua origem em seus criadores. Portanto, conhecê-los pode ajudar a entender melhor seus projetos.

Foi pensando nisso que o Criptonizando fez uma lista dos gênios por trás das cinco criptomoedas mais valorizadas no mercado atualmente. Veja a seguir.

Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin

Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin

A identidade do criador do Bitcoin (BTC) é um grande mistério no universo das criptomoedas — se não o maior. Satoshi Nakamoto é um pseudônimo japonês utilizado pela pessoa ou grupo de pessoas que criaram o BTC, a primeira moeda virtual. 

Em 2008, o pseudômino publicou um artigo descrevendo o funcionamento do Bitcoin, e em 2009, a moeda foi lançada.  

Muitos jornais tentaram descobrir a verdadeira identidade de Satoshi, e assim surgiram teorias sobre várias pessoas que poderiam ser o criador do Bitcoin.  

Algumas pessoas, como Craig Wright, por exemplo, se autoproclamam Satoshi Nakamoto, mas não há nenhuma confirmação a respeito das alegações.

Vitalik Buterin, cofundador da Ethereum

Quem é Vitalik Buterin?

O escritor e programador Vitalik Buterin, hoje com 25 anos, é um cidadão Russo-Canadense que entrou no mundo das criptomoedas em 2011, após ouvir algumas pessoas falando sobre Bitcoin e se interessar pelo assunto. 

Ele também foi cofundador da Bitcoin Magazine, um site online sobre o assunto, que depois se tornou uma revista física.  

Com o tempo, Buterin percebeu que a blockchain poderia ser usada para muito mais do que apenas negociações P2P, e então, eventualmente largou a universidade para investir em sua ideia para a rede Ethereum — uma plataforma que pode ser usada para diversas aplicações. 

Chris Larsen, cofundador da Ripple

Chris Larsen cofundador Ripple

Conhecido por ser cofundador de várias startups de tecnologia, Chris Larsen, de 58 anos, é um executivo de negócios e investidor. 

Larsen nasceu em San Francisco, na Califórnia, e tem sido um grande defensor da privacidade financeira. 

Ele cofundou a empresa OpenCoin em 2012, que mais tarde passou a se chamar Ripple Labs. A empresa desenvolveu o protocolo de pagamentos Ripple, que possui código aberto. 

A moeda não pode ser minerada e foi criada com o objetivo de ser uma solução de transferência de dinheiro entre um país e outro. 

Roger Ver, criador do Bitcoin Cash

roger ver

Roger Keith Ver nasceu na Califórnia, EUA, e é um dos primeiros investidores em startups relacionadas a bitcoin. 

O empreendedor de 40 anos viu o Bitcoin como um meio de promover a liberdade econômica, mas deixou de investir no projeto por acreditar que ele já não carrega os fundamentos pelos quais foi criado. 

Por isso, Roger Ver criou o Bitcoin Cash (BCH), um hard fork (bifurcação) do Bitcoin, criado para corrigir problemas como altas taxas e longos períodos de confirmação de transação. 

Charlie Lee, fundador da LiteCoin

Charlie lee criador litecoin

Nascido na Costa do Marfim, Charlie Lee se mudou para os EUA aos 13 anos. Ele trabalhou no Google durante uma década, e em 2011 se interessou pelo Bitcoin e passou a escrever o código do que seria o Litecoin. 

Em outubro do mesmo ano, Charlie lançou a tecnologia no Bitcointalk — um fórum sobre BTC, depois de minerar apenas 150 moedas.  

Ele afirmou que não pretendia competir com o Bitcoin, já que sua rede foi criada para fazer transações em um volume muito menor. 

No entanto, em 20 de dezembro de 2017, o fundador da Litecoin anunciou que vendeu quase todas as suas participações na rede após um conflito de interesse. Ele trabalha atualmente na Fundação Litecoin. 

Leia também: 5 criptomoedas que mais valorizaram em 2019 (até agora)

 

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Receba as notícias mais importantes no seu email

Últimas Notícias