Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Projeto que visa criar imposto para transações e heranças recebidas em criptomoedas avança em São Paulo

Projeto que visa criar imposto para transações e heranças recebidas em criptomoedas avança em São Paulo

thiago auricchio criptomoedas bitcoin projeto lei

O projeto de lei do deputado estadual de São Paulo, Thiago Auricchio (PL), que propõe que usuários paguem impostos por transações envolvendo bitcoin e outras criptomoedas, assim como por heranças recebidas com os criptoativos, acaba de avançar.

Trata-se do Projeto n° 834, que sugere diversas mudanças nos artigos da lei n° 10.705, do ano 2000.

 

A proposta está sendo debatida na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e já foi protocolada na Comissão de Constituição, Justiça e Redação, portanto, em breve também passará por esta repartição, da qual Auricchio faz parte junto a outros deputados.

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação tem como objetivo: 

“manifestar-se a respeito de todos os assuntos quanto ao aspecto constitucional, legal e jurídico, apresentar a redação final das proposições, salvo quando essa incumbência estiver expressamente deferida por este Regimento a outra Comissão, e manifestar-se quanto ao mérito das proposições nos casos de [...] 7. consolidação de leis e revogação expressa de proposições legislativas não recepcionadas por normas constitucionais.”

Antes de ser distribuído para a Comissão, o projeto cumpriu os requisitos da Assembleia, foi publicado no Diário Oficial do Estado e apresentado em cinco sessões. 

Segundo Auricchio, a proposta visa:

“Incluir, expressamente, na legislação pátria, a incidência de imposto na transmissão de criptoativo, seja por sucessão legítima ou testamentária, seja por doação, por se tratar de algo que se traduz em patrimônio, de modo a afastar qualquer dúvida sobre o tema”, afirmou.

Como foi criada por um deputado estadual, caso a lei seja instaurada, ela deve atingir apenas o Estado de São Paulo.

Thiago Auricchio 

Thiago Auricchio 

Formado em Direito, Thiago Auricchio, de 26 anos, foi eleito ao cargo de Deputado Estadual pelo Partido Liberal (PL) em 2018, sendo o mais jovem a ocupar o cargo no Estado de São Paulo.

O político é filho do prefeito de São Caetano do Sul, José Auricchio Júnior, e foi eleito com 73.435 votos.

No entanto, o Ministério Público Federal (MPF), abriu um inquérito em fevereiro para apurar se houve uso de máquina pública, mais especificamente da Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul, para favorecer a campanha de Auricchio e pela reeleição do deputado federal Alex manente, do PPS.

Leia também: Na Nova Zelândia agora os contribuintes podem receber o salário em criptomoedas

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas