Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Justiça Federal aumenta pena de responsáveis da pirâmide financeira 'kriptacoin'

Justiça Federal aumenta pena de responsáveis da pirâmide financeira 'kriptacoin'

Por Mirian Romão

A justiça do Distrito Federal declarou que aumentará a pena de pelo menos seis condenados no caso de pirâmide financeira com a falsa criptomoeda ‘Kriptacoin’. 

Os crimes foram cometidos por meio da empresa ‘Wall Street Corporate’ e foram condenados por estelionato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. O aumento da pena seria por conta da adição dos crimes contra a economia popular e o uso de documentos falsos.

 

Segundo o G1, a decisão foi tomada após um recurso do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) que foi acolhido pela segunda Turma Criminal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT). 

De acordo com a reportagem o chefe do grupo, Weverton Viana, tinha sido sentenciado a 11 anos e cinco meses de prisão, agora terá que cumprir 15 anos e dois meses.

 

Cerca de 40 mil pessoas compraram a criptomoeda falsa da pirâmide Kriptacoin, enquanto ativa, a pirâmide teria rendido aproximadamente R$ 250 milhões para os golpistas.

A pirâmide teve início no final de 2016 e começou a popularizar em janeiro de 2017, de acordo com a Justiça Federal, os criminosos passavam-se por executivos e prometiam altos rendimentos, com ganho de 1% ao dia sobre a criptomoeda e que o resgate deste saldo só poderia ser feito após um ano. 

A Kriptacoin era anunciada na internet e na televisão envolvendo até imagens de artistas. Os investidores eram persuadidos a chamar mais pessoas para a rede e desta forma, eles recebiam 10% de bônus para cada pessoa registrada. 

A Justiça tem tomado ações para ressarcir os clientes afetados, uma das medidas tomadas é a venda de carros de luxo que foram aprendidos no início de setembro de 2018.

Leia também: Justiça nega pedido de restituição de investidores de pirâmide financeira

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas