Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Bitcoin chegará a US$ 250 mil independente da incerteza na economia, diz fundador da EOS

Bitcoin chegará a US$ 250 mil independente da incerteza na economia, diz fundador da EOS

brendan-blumer-bitcoin-criptomoedas-preço-eos-

Para Brendan Blummer, fundador da EOS, o preço do Bitcoin atingirá US$ 250 mil (R$ 1,2 milhão) independente da incerteza na economia devido a crise evocada pela pandemia do coronavírus (COVID-19).

Nas últimas semanas, o mercado financeiro despencou, dando um banho de sangue em bolsas, petróleo e contratos futuros ao redor do mundo.

A maioria dos países agora se preparam para uma recessão global, enquanto os bancos lutam para garantir sua proteção contra a queda na economia. Um banco italiano até lançou negociação com Bitcoin recentemente.

Em meio ao alvoroço, de um lado há especialistas lançando previsões de quedas abaixo de US$ 3.000 para o Bitcoin, principal criptomoeda do mercado, e de outro, pessoas como Ryan Selkis, que permanecem positivos sobre o desempenho do ativo.

Selkis, que é fundador da empresa de análises Messari, publicou sua previsão na última segunda-feira (23), sobre como a decisão do Federal Reserve dos EUA de continuar injetando trilhões de dólares na economia pode afetar o preço do Bitcoin, e afirmou:

“O Bitcoin em US$ 250.000 significaria que o dólar perdeu seu status de reserva.”

Em seguida, o CEO da EOS e Block.One respondeu:

“BTC está no caminho para atingir esses níveis com nada além de tempo. Não é necessário colapso financeiro existencial”, declarou.

Mesmo com a queda diária histórica do Bitcoin em 12 de março, quando o criptoativo desvalorizou 50% em 24 horas, a moeda parece estar lidando bem com a crise, e renovando a tendência de alta.

Leia também: Exchange Mercado Bitcoin dobra volume de negociações e se aproxima dos 2 milhões de clientes

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias