Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Governo do Rio aprova criação de token baseado em blockchain

Governo do Rio aprova criação de token baseado em blockchain

rio-de-janeiro-rj-token-criptomoeda-blockchain-governo-criação-bitcoin-

O governo do Rio de Janeiro aprovou, em 4 de agosto, a criação do GOV Token, um projeto baseado na tecnologia blockchain. 

O objetivo é que a solução seja usada para transparência nos gastos públicos, segundo uma publicação no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro. 

Com um orçamento de 1 milhão de reais, esse é um dos projetos aprovados pela Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa (FAPERJ), vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI). 

O apoio à criação da solução em blockchain faz parte do edital 18/2019 do programa de Apoio à Inovação em Micro, Pequenas e Médias Empresas no Estado do Rio de Janeiro, denominado InovAÇÂO Rio. 

Quem desenvolverá o projeto, que conta com um orçamento de exatos R$ 999.912,40, é a Investtools, uma fintech privada que nasceu em 2007 com foco em produtos para corretoras, segundo informações encontradas em seu LinkedIn. 

A empresa, que afirma buscar desenvolver as melhores soluções para o mercado, no entanto, foi refundada em 2014 sob o comando de novos sócios e, anos depois, lançou um serviço chamado Blockchain Studio, que visa o desenvolvimento e difusão da tecnologia. 

Governo de olho na blockchain 

Só em 2020, já foram divulgadas algumas iniciativas do governo brasileiro envolvendo a tecnologia blockchain. 

Em junho, foi divulgado no Diário Oficial da União que a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev), vinculada ao Ministério da Economia do governo brasileiro, estava em busca de um especialista em Ethereum. 

Sem especificar quais projetos serão desenvolvidos, a vaga contava com 240 horas de prestação de serviço de Orientação Técnica. 

Alguns meses antes, em março, o governo contratou a empresa Blockchain Academy para dar 160 horas de treinamento sobre a tecnologia blockchain para os servidores do Dataprev, responsável pelo desenvolvimento da solução em blockchain bCPF, utilizada para registrar informações do Cadastro de Pessoa Física (CPF). 

Já no mês de fevereiro, a tecnologia usada no Bitcoin foi incluída no programa milionário de transformação digital do Governo Federal, realizado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), com um investimento de R$ 25 milhões na entidade vinculada ao Ministério da Economia para o estudo envolvendo a criação de soluções inovadoras no setor público.

Leia também: Negociações com Chainlink superam o Bitcoin em exchanges após alta de 680% em um ano

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias