Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Com site falso, CVM convence brasileiros a investirem em golpe

Com site falso, CVM convence brasileiros a investirem em golpe

golpe-cvm-investimentos-investir-fraude-pirâmide-criptomoedas-educação-se-liga-anbima

Em nova iniciativa, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) lançou um site falso anunciando uma oferta “imperdível” para enriquecer e conseguiu persuadir brasileiros a investir no golpe. 

Ao acessar o site criado pela autarquia, as pessoas se deparam com a falsa promessa, no modelo típico usado por golpistas. Ao clicar na suposta oferta, o usuário recebe um alerta dizendo que quase foi enganado. 

Como resultado, 21% das pessoas que acessaram o site falso quiseram investir no golpe antes de saber a verdade. 

A falsa oportunidade de investimento é parte de uma extensa campanha, educacional intitulada “Se Liga Na Fraude!”. 

O projeto é uma parceria da CVM com a Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) 

A simulação indica que a população no Brasil é enganada em uma taxa “muito alta”, segundo Ana Leoni, superintendente de educação financeira da Anbima. 

Para se ter uma ideia, até julho de 2020 a CVM já havia recebido mais de 200 denúncias de fraudes financeiras. 

Essa é uma campanha bem inovadora, foi ideia da CVM de criar um site ‘fishing‘ e nós da Anbima apoiamos e desenvolvemos em conjunto”, explica a especialista. 

Depois do susto, o usuário recebe informações e orientações no site sobre como não cair em fraudes, sem deixar de fora avisos sobre os famosos golpes com criptomoedas, que têm se popularizado com o passar do tempo. 

“O que parece muito bom para ser verdade provavelmente é golpe”

Leoni argumenta que a pessoa precisa ver a oferta, “ver se estão oferecendo um investimento sem risco, com ganhos acima da média dos investimentos que ela está acostumada ou dos indicadores de referência do mercado”. 

“Se oferecem 1% ao mês, é para ficar atento, afinal, a taxa de juros hoje é de 2% ao ano”, explica. 

Checar o domínio do site (ou seja, seu link) e e-mails de contato também é importante, mas a especialista ressalta que uma das formas mais seguras de se proteger é acessar o site da CVM e verificar se a empresa tem registro com a autarquia. 

Informação é o melhor escudo

A especialista argumenta que o melhor remédio contra as fraudes é a informação, e afirma: 

“Quanto mais a gente acha que está protegido e que isso nunca acontecerá com a gente, mais ficamos vulneráveis aos ataques de golpistas, pois eles sabem agir na hora certa” 

No início do mês, a CVM lançou um aplicativo para ajudar os investidores com informações sobre empresas, além de um guia para day traders, confira. 

Leia também: Plataforma DeFi de brasileiros entra em programa de US$ 500.000 do Vale do Silício

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias