Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Em parceria com exchange, Vasco diz que pote de ouro do futebol está nas criptomoedas

Em parceria com exchange, Vasco diz que pote de ouro do futebol está nas criptomoedas

Em parceria com exchange, Vasco diz que pote de ouro do futebol está nas criptomoedas

O Vasco, um dos principais times de futebol do Brasil, declarou que o pote de ouro do esporte está nas criptomoedas.

A entrada do time no universo de criptomoedas, se deu por conta da parceria com a exchange Mercado Bitcoin no início deste mês. 

Com a colaboração, o time lançou um token que representa parte do direito de 12 jogadores revelados pelo Clube. 

O token representa uma parcela do mecanismo de solidariedade de 12 atletas formados no clube e será vendido, inicialmente, por R$100 cada token, com um total de 500 mil tokens comercializados. 

O valor arrecadado com os primeiros 20% irão para o Mercado Bitcoin, que antecipou R$10 milhões ao clube. A partir disto o Vasco terá 75%, com obrigação de manter 25%, e a empresa ficará com os 5% restantes. 

O torcedor que comprar um token fará um investimento e receberá o rendimento quando houver a negociação dos jogadores. 

“Acho que vai virar moda. Sabemos que tem outros clubes, como o Vasco, com muito potencial de revelar jogadores”, destacou ao Globo Esporte, Anderson Santos, diretor financeiro do Vasco.

Segundo ele, “o Vasco descobriu o pote de ouro no futebol. O clube vai conseguir antecipar receitas e compartilhar com a torcida”, disse o diretor financeiro, conforme reportou o Cointelegraph.

O Mecanismo de Solidariedade funciona com um direito de venda de um jogador na forma de porcentagem e incentiva clubes a formarem atletas. 

Através do mecanismo, até 5% do valor total de cada transferência internacional de um atleta pode ser dividido com todos os clubes pelos quais um jogador passou durante sua carreira até completar 23 anos.

A maior corretora de criptomoedas da América Latina, Mercado Bitcoin, além de disponibilizar os tokens na sua plataforma, comprou 20% dos tokens que serão comercializados, e adiantou R$10 milhões ao Vasco. 

O presidente do clube, Alexandre Campello, confirmou que o montante recebido foi utilizado pelo time para pagar as dívidas.

O clube ainda poderá receber mais dinheiro com a parceria firmada com a exchange de criptomoedas, já que pode comercializar 50% dos tokens criados. 

Leia também: Investidor revela como a queda do Bitcoin levou o amigo à morte: “Não entre em pânico”

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias