Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Para não falir, cofundador da Ethereum vendeu metade de seus fundos em Bitcoin

Para não falir, cofundador da Ethereum vendeu metade de seus fundos em Bitcoin

ethereum-cofundador-vitalik-buterin-bitcoin-criptomoedas-eth-btc-falir-dinheiro-venda

Vitalik Buterin, cofundador da Ethereum e um dos principais nomes da indústria de criptomoedas, tomou a decisão de vender metade de seus fundos em Bitcoin para evitar a falência.

Na madrugada desta segunda-feira (14), o escritor e programador russo-canadense de 26 anos revelou que precisou fazer a escolha em 2013.

O preço do BTC passou a maior parte daquele ano em torno de US$ 100 antes de disparar para US$ 1.000 brevemente entre novembro e dezembro.

Vender para não falir

Segundo Buterin, que também é cofundador da revista Bitcoin Magazine, há cerca de 7 anos, “com apenas alguns milhares de dólares no bolso”, ele decidiu vender metade de tudo que tinha em Bitcoin.

A decisão veio antes mesmo da criação da Ethereum.

De acordo com o programador, a venda teve como objetivo garantir que ele não iria à falência caso o preço do bitcoin fosse para zero:

“Sete anos atrás, antes mesmo de o Ethereum começar, eu tinha apenas alguns milhares de dólares de patrimônio líquido. Contudo, vendi metade do meu Bitcoin para ter certeza de que não estaria quebrado se o BTC chegasse a zero”, revelou no Twitter.

A escolha estratégica do cofundador da Ethereum não o privou do sucesso financeiro.

Uma estimativa publicada pela Forbes em 2018 coloca o patrimônio líquido de Buterin em cerca de 100 a 200 milhões de dólares. Atualmente, essa quantia deve ser ainda maior.

“Não faça empréstimo para comprar ETH”

A declaração sobre sua escolha em 2013 veio após uma publicação do programador na rede social, aconselhando “nunca fazer empréstimo pessoal para comprar ETH ou outros ativos da Ethereum”.

“Eu nunca recomendaria que alguém fizesse isso”, escreveu Buterin.

A mensagem se referia ao podcaster Peter McComarck, que disse ter feito isso.

Leia também: Itaú lança fundo para negociar água no Brasil, seguindo movimento da CME

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias