Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Fundador do Bitcoin Banco compra passagem para a Suíça; Clientes ainda não foram pagos

Fundador do Bitcoin Banco compra passagem para a Suíça; Clientes ainda não foram pagos

claudio oliveira bitcoin banco criptomoedas bitcoin

Embora os saques dos clientes ainda continuem travados nas corretoras do Bitcoin Banco, que já conta com mais de 200 processos com cobrança milionária, conforme publicação da Folha, agora Cláudio Oliveira, fundador do Grupo, comprou passagem para a Suíça. 

De acordo com o colunista Lauro Jardim no jornal O Globo, o empresário, que tem cidadania suíça, está com viagem marcada para o país europeu na quarta-feira que vem (21). 

 

Imóveis bloqueados pela Justiça 

Imóveis bloqueados pela Justiça 

No mês passado, a Justiça ordenou o bloqueio de sete imóveis de Cláudio Oliveira, intitulado ‘Rei do Bitcoin’ pelo apresentador Amaury Junior. A decisão aconteceu em favor de um cliente do grupo, que teve mais de 56 bitcoins presos nas exchanges da empresa. 

Cláudio, que deixou o quadro social da empresa, mas ainda permanece como sócio, teve os seguintes imóveis bloqueados:

  • três áreas de terra que somam 128 mil metros quadrados em São José dos Pinhais, no Paraná;  
  • uma casa de dois andares num condomínio residencial de uma zona nobre de Curitiba;  
  • uma loja no centro comercial de Curitiba  
  • um quinhão terra de 8 hectares, 78 ares e 19 centiares em Goiás  
  • uma casa no valor de R$ 1,9 milhão em Anápolis-GO. 

Ainda em julho, as autoridades descobriram outras empresas do Bitcoin Banco, o que levou a um bloqueio de 11 caros de luxo de marcas como Porsche, Maserati, BMW e Mercedes Benz.

Saques travados 

Saques travados 

As exchanges NegocieCoins e Tem BTC estão com os saques travados desde 17 de maio 

Poucos dias depois, o grupo anunciou que havia sofrido uma fraude de R$ 50 milhões e, em seguida, a BatExchange, também parte do Bitcoin Banco, entrou em manutenção por tempo indeterminado. 

A Justiça do Paraná ordenou o bloqueio de quase R$ 6 milhões das contas do Grupo, mas encontrou menos de R$ 130 mil. 

Leia também: Em ação milionária, fundador do Bitcoin Banco tem imóveis bloqueados pela justiça

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas