Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Investidores institucionais estão trocando ouro por Bitcoin, diz análise do JP Morgan

Investidores institucionais estão trocando ouro por Bitcoin, diz análise do JP Morgan

bitcoin-btc-ouro-investidores-investir-jp-morgan-banco-análise-relatório-

Investidores institucionais estão trocando o ouro por Bitcoin (BTC), de acordo com um novo relatório do JP Morgan, maior banco dos Estados Unidos (EUA).

Analistas dos JP Morgan listaram algumas razões pelas quais a principal criptomoeda do mercado registrou uma alta astronômica no último mês. Entre elas, está a forte demanda por BTC por parte de grandes companhias.

De acordo com o relatório publicado na última sexta-feira (06), o preço do Bitcoin pode subir 10 vezes mais na competição com o ouro pela preferência dos investidores institucionais.

O documento também cita o crescimento massivo do fundo Bitcoin Trust, da gestora Grayscale, como um dos motivadores da grande alta do criptoativo em outubro. Atualmente, o fundo US$ 7,6 bilhões. 

“A ascensão do Grayscale Bitcoin Trust sugere que a demanda de Bitcoin não é apenas impulsionada pelos grupos mais jovens de investidores de varejo, ou seja, a geração do milênio, mas também por investidores institucionais, como escritórios familiares e gestores de ativos”, aponta o relatório.

Segundo o JP Morgan, esses investidores estão deixandos os fundos negociados em bolsa (ETF) de ouro e passando a investir em BTC.

O fundo de BTC da Grayscale registrou entradas cumulativas até o mês passado, enquanto os fundos negociados em bolsa (ETF) de ouro registraram “saídas modestas” desde meados de outubro.

“Esse contraste dá suporte à ideia de que alguns investidores que anteriormente investiram em ETFs de ouro, como escritórios familiares, podem estar olhando para o bitcoin como uma alternativa ao ouro”, dizem os analistas.

O relatório aponta como um propulsor a iniciativa do PayPal, gigante de pagamentos on-line em permitir que seus clientes comprem e vendam BTC e outras criptomoedas em sua plataforma:

“O endosso corporativo de bitcoin e, em particular, o endosso do Paypal algumas semanas atrás, parece ter propagado a demanda por bitcoin”, afirma.

A novidade do PayPal é parte da onda intitulada pelo analista Jason Deane como “Efeito MicroStrategy”, que começou com o enorme investimento da empresa de business intelligence, de US$ 425 milhões em Bitcoin, e incentivou outros gigantes, como o CEO do Twitter, a fazer o mesmo.

Leia também: Usou até o Neymar: dono da JJ Invest é preso por esquema de R$ 170 milhões

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias