Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Usuários do PayPal já podem fazer transações com criptomoedas

Usuários do PayPal já podem fazer transações com criptomoedas

PayPal pode oferecer bitcoin até o final do ano, diz especialistas

Os usuários qualificados do PayPal, gigante de pagamentos digitais, já podem realizar transações com bitcoin (BTC) e outras criptomoedas

De acordo com o anúncio desta quinta-feira (12), o PayPal encerrou sua lista de espera para clientes que desejam usar criptomoedas nos EUA.

A negociação tem limite de até US$20.000 por semana, o dobro dos US$10.000 originalmente anunciado. 

O CEO do PayPal, Daniel Schulman, disse no início deste mês que apenas 10% dos clientes do PayPal têm acesso aos serviços de criptomoedas e os usam para compras no varejo. 

Conforme reportou o Finance Magnates, o CEO declarou que nas próximas semanas irá liberar para mais usuário o acesso as criptomoedas, bem como internacionalmente para seus mais de 300 milhões de usuários no primeiro semestre de 2021.

O PayPal também planeja lançar esses recursos ao seu aplicativo de serviço de pagamento móvel, Venmo, em mercado internacionais selecionados. 

Os usuários serão capazes de comprar, manter e vender quatro principais criptomoedas, Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), Bitcoin Cash (BCH) e Litecoin (LTC).

Para lançar o recurso em varejistas norte-americanos que aceitam PayPal, a gigante de pagamentos se associou à Paxos Trust Company, uma fornecedora regulamentada de produtor e serviços de criptomoedas.

O PayPal anunciou inicialmente seus planos de integrar criptomoeda há três semanas. O anúncio levou a um aumento no preço do BTC. 

Daniel Schulman observou que a mudança para o suporte em criptomoeda foi impulsionada pela “tendência inevitável” em direção às moedas virtuais. 

“A mudança para as formas digitais de moedas é inevitável, trazendo vantagens claras em termos de inclusão e acesso financeiro; eficiência, rapidez e resiliência do sistema de pagamentos; e a capacidade dos governos de desembolsar fundos aos cidadãos rapidamente”.

Schulman disse ainda que a empresa está ansiosa para trabalhar para os bancos centrais e reguladores em todo o mundo. 

“Para oferecer nosso apoio e contribuir de forma significativa para moldar o papel que as moedas digitais desempenharão no futuro das finanças e do mercado global”, disse o CEO.

Leia também: Filha do cantor Belo é presa acusada de integrar quadrilha de golpes milionários ligada a traficantes

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias