Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

China lançará robô de mineração de asteroides em novembro

China lançará robô de mineração de asteroides em novembro

china-mineração-asteroide-espaço-espacial-tecnologia-robô

A China está com grandes ambições em 2020. Enquanto o banco central do país corre contra o tempo para emitir a versão digital de sua moeda oficial, o yuan, a empresa Origin Space pretende lançar, em novembro, um robô minerador de asteroides. 

Pois é, a ciência está se aproximando das histórias contadas na ficção científica. 

A empresa sediada em Pequim pretende lançar o robô NEO-1 em um foguete chinês Long March como uma carga útil secundária. 

A pequena nave espacial de 30kg entrará em uma órbita sincronizada com o Sol ao redor da Terra, a 500km de altitude. 

Origin Space, lançada em 2017, surgiu 3 anos após o governo chinês abrir a indústria de mineração espacial no país. 

A empresa pretende lançar o robô em meados de novembro, com uma missão introdutória, onde serão testadas tecnologias destinadas à mineração de asteroides. 

Segundo Yu Tianhong, cofundador da empresa, “a meta da missão é verificar e demonstrar múltiplas funções como a manobra orbital da nave, simulação de captura de corpo celestial, identificação inteligente da nave e controle”. 

Os asteroides podem guardar recursos equivalentes a trilhões de dólares ou até mais, mas existe uma dificuldade imensa em extrair recursos deles. 

Com os testes das tecnologias, a nave pode obter grandes avanços, sendo considerada mais uma “prospectora” nesta etapa do que uma mineradora propriamente dita.  

Mesmo antes do lançamento do NEO-1, a Origin Space já marcou o lançamento do NEO-2 entre 2021 e 2022. Os objetivos da missão ainda não foram divulgados, mas pode ter relação com a proposta da NASA para a compra de rochas lunares de empresas privadas. 

Elon Musk vai ‘inundar’ a Terra com ouro espacial

Enquanto a China dá passos concretos em direção à mineração de asteróides, recentemente os irmãos Cameron e Tyler Winklevoss colocaram todas as fichas em Elon Musk para derrubar o preço do ouro.

Segundo os fundadores da exchange Gemini, o bilionário CEO da Tesla e SpaceX vai minerar enormes quantidades de ouro de asteroides em torno da Terra e acabar com a escassez do metal precioso.

Leia também: Investidor que pegou o rali de 50,000% da XRP ensina a encontrar novas oportunidades

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias