Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Depois do México, Nubank se prepara para expandir para a Colômbia

Depois do México, Nubank se prepara para expandir para a Colômbia

nubank-easynvest-economia-investimentos-compra-aquisição-fintech-

Depois do México, o grande banco digital, Nubank, está se preparando para iniciar as operações na Colômbia.

O Nubank teria feito alguns registros nas autoridades locais para começar a operar na Colômbia, terra natal do seu fundador, David Vélez, segundo site local La República.

Em março deste ano, o Nubank lançou seu cartão de crédito sem anuidades no México, com objetivo de desafiar a complexidade do sistema bancário.

O escritório na Cidade do México será o segundo hub internacional do Nubank. Em 2017, o banco digital abriu um escritório de tecnologia em Berlim, na Alemanha, focado em infraestrutura e engenharia de dados. 

Contudo, o banco não confirmou a informação de expandir para a Colômbia, e se limitou a dizer que mantém o foco de atuação no Brasil e no México. 

“Estamos constantemente monitorando outros mercados e avaliando oportunidades. Neste momento, estamos focados nos nossos serviços no Brasil e no México, que já somam 30 milhões de clientes”, afirma o Nubank.

De acordo com o La República, Vélez participará esta semana do evento “InspiraTIC”, que contará também com a participação do presidente do país Iván Duque. 

Vélez ainda teria várias reuniões agendadas com altos funcionários do governo até a próxima semana, conforme reportou o Valor Econômico

Além disso, Vélez já teria efetuado um cadastro na Superintendência de Indústria e Comércio (SIC), como o nome de Nu Colômbia, mas ainda não protocolou pedido de licença para atividades bancárias.

O Nu Colômbia estaria registrado para realizar serviços financeiros, exceto seguros e pensões, compra de carteiras, afirma o site local.

É oficial: Nubank confirma compra da Easynvest e vai competir com a XP Investimentos

No início deste mês, o Nubank anunciou a compra da corretora Easynvest no Brasil, movimento que mostra a busca em entrar no mercado de investimento, que tem crescido cada vez mais.

“Nos últimos sete anos, temos desafiado o status quo para criar uma nova geração de serviços na América Latina”, afirmou o fundador e presidente do Nubank, David Vélez, em comunicado sobre a operação, que não detalhou o valor pago pela Easynvest.

Segundo o comunicado, nada muda para os clientes das plataformas, e as empresas passam a operar normalmente e de maneira independente. 

Leia também: Aprenda a comprar Bitcoin usando o PayPal

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias