Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

CEO do Mercado Livre diz que Bitcoin é melhor que ouro, mas faz previsão pessimista

CEO do Mercado Livre diz que Bitcoin é melhor que ouro, mas faz previsão pessimista

marcos-galperin-ceo-mercado-livre-bitcoin-criptomoedas
Imagem: Reprodução.

A popularização do Bitcoin (BTC) nos últimos meses tem atraído a atenção (e o dinheiro) de diversas personalidades do setor institucional. O fundador e CEO do Mercado Livre, Marcos Galperin, não ficou de fora dessa tendência.

O empresário argentino, dono da plataforma de e-commerce que é a maior empresa da América Latina em valor de mercado, escreveu na semana passada que o bitcoin é melhor que o ouro.

No Twitter, Galperin respondeu a um usuário que questionou sobre se ele havia comprado BTC, e perguntou sua opinião sobre as criptomoedas e o papel que elas desempenharão no futuro da economia.

O CEO declarou:

“Penso que o Bitcoin, como reserva de valor, é melhor que o ouro”, escreveu o dono do Mercado Livre.

Apesar da perspectiva otimista sobre a principal criptomoeda do mercado, Galperin lançou em seguida uma visão que, para muitos, pode ser consderada pessimista:

“Não acredito que [o bitcoin] vai substituir as moedas de curso legal [como dólar e real]”, afirmou.

Para o empresário, o custo de energia necessário para processar as transferências na blockchain Bitcoin também é um empecilho, embora acredite:

“A computação quântica pode mudar isso”, afirma.

Em referência ao cenário político atual dos Estados Unidos, Galperin sugeriu que nada é impossível.

“Agora, em um mundo onde os vikings invadem o Capitólio..”, escreveu.

A fala se refere ao que ocorreu no dia 6 de janeiro, quando manifestantes apoiadores de Donald Trump invadiram o Congresso americano, durante uma sessão que certificaria Joe Biden como novo presidente.

Bitcoin vs Ouro

Uma análise realizada no ano passado pelo maior banco dos EUA, o JPMorgan, mostrou que investidores institucionais estão trocando o ouro por Bitcoin.

A entrada de gigantes como o PayPal no setor de criptoativos impulsionou todo o mercado, aumentando a confiança e a curiosidade de investidores de varejo e institucionais. Com isso, o preço da moeda digital disparou, levando boa parte do mercado cripto junto.

De acordo com os gêmeos Winklevoss, fundadores da exchange Gemini, o reinado do ouro como reserva de valor está com os dias contados. Eles argumentam que a mineração de ouro de asteroides vai acabar com a escassez do metal, fazendo seu preço despencar.

Enquanto isso, o Bitcoin conta com uma oferta máxima de 21 milhões de unidades, e os gêmeos bilionários acreditam que a moeda digital deve atingir US$ 500 mil nesta década.

Leia também: China inicia testes do Yuan digital em caixas eletrônicos

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias