Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Ripple prepara escritório em Dubai enquanto planeja nova sede fora dos EUA

Ripple prepara escritório em Dubai enquanto planeja nova sede fora dos EUA

Reprodução/BeInCrypto

A empresa de fintech, Ripple, sediada em San Francisco, anunciou que está preparando um novo escritório em Dubai enquanto planeja nova sede fora dos EUA. 

Segundo o comunicado da empresa, a Ripple abriu um escritório no Dubai International Finance Centre (DIFC), a escolha do local talvez seja devido aos seus regulamentos amigáveis e inovadores com as criptomoedas. 

Contudo, ainda não está certo se essa será a nova sede da Ripple, conforme reportou o Decrypt, a loja no DIFC da Ripple deve dividir com mais 100 cafés, três hotéis e várias galerias de arte. 

Navin Gupta, diretor-gerente da empresa, explica que a decisão também partiu do desejo da empresa de ficar mais próxima de seus clientes da região do Oriente Médio e Norte da África, onde está se firmando cada vez mais. 

“Nosso escritório regional servirá como um trampolim para apresentar nossas soluções baseadas em blockchain e aprofundar nossos laços com ainda mais instituições financeiras na região”, acrescentou Gupta. 

Embora Dubai seja um escritório regional, a Ripple separadamente, quer mudar sua sede do Vale do Silício devido à regulamentação da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) em torno de sua criptomoeda, a XRP

O CEO da Ripple, Brad Garlinghouse, comentou em outubro que tais preocupações regulatórios podem explicar porque o PayPal não o listou entre as criptomoedas que oferecia aos clientes. 

Em uma entrevista a CNBC, o CEO da Ripple disse que a empresa havia notado uma estrutura regulatória inadequada nos EUA. 

Como Garlinghouse explicou, a SEC não agiu rapidamente no que diz respeito à regulamentação de criptomoeda, apesar de anos de lobby e apelos dos principais participantes do setor. 

A Ripple provavelmente mudará sua sede para um país cuja Comissão de Valores Mobiliários não considere o XRP um valor mobiliário, segundo Brand. 

Chris Larsen, cofundador da Ripple, lamentou o atraso dos EUA em inovação de criptomoedas. 

Larsen também criticou os reguladores financeiros pelo que ele acreditava ser uma estratégia de “regulamentação por meio da aplicação da lei” que prejudica o desenvolvimento da criptomoeda.

Os executivos da empresa elogiaram diferentes países quando pressionados sobre a possibilidade de encontrar uma nova sede. Enquanto Garlinghouse parecia ter seu coração voltado para o Reino Unido, Larsen também considerava países como a Suíça. 

Leia também: Bitcoin tem volatilidade menor que Tesla e Apple em outubro

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias